Criação e uso de banco de dados fotográfico para acompanhamento de pacientes com lesões dermatológicas crônicas decorrentes da hanseníase

Autores

  • Rossano Cossul Gomes
  • Paulo Renato Canineu PUC-SP

DOI:

https://doi.org/10.5327/Z1984-4840201624319

Palavras-chave:

banco de dados, fotografia, ferimentos e lesões, doença crônica, hanseníase, educação em saúde

Resumo

Introdução: O Núcleo de Prevenção e Tratamento de Feridas teve início em 2003 com o objetivo de atender e acompanhar a demanda hospitalar e local de pacientes que tiveram hanseníase e possuem ou possuíam algum tipo de lesão dermatológica/ trófica. O registro fotográfico em banco de dados é uma ferramenta importante para o acompanhamento da evolução da ferida, cujo objetivo é documentar o estado antes e depois de procedimentos ou da utilização de curativos, servindo como fonte de dados sobre a assistência prestada ao portador de ferida crônica, além de ser objeto de ensino e pesquisa. Objetivos: Criar um banco de dados com registros fotográficos das lesões dos pacientes de caráter evolutivo para que tais lesões possam ser avaliadas com o transcorrer do tempo e de acordo com seu tratamento. Resultados: Criou-se um banco de dados com registro fotográfico dos pacientes, o qual foi organizado em pastas e subpastas de maneira simples, com facilidade de acesso e compreensão. Conclusão: O registo fotográfico mantido em banco de dados melhora substancialmente o acompanhamento e o tratamento dos pacientes portadores de lesões crônicas dermatológicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Rossano Cossul Gomes

Médico Cirurgião Vascular

Mestrando em Educação nas Profissões da Saúde pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Paulo Renato Canineu, PUC-SP

Médico Geriatra

Mestrado em Ciências Médicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Doutorado em Gerontologia pela Universidade Estadual de Campinas

Professor assistente-doutor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo,

Professor pós-graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo,

Diretor do Instituto Paulo Canineu,

Professor pós graduação - Universidade São Camillo

Referências

Grupo de Estudos de Feridas do Hospital das Clínicas da Universidade de Campinas. Manual de tratamento de feridas. 2a ed. Campinas: Hospital das Clínicas/UNICAMP; 2000.

Dantas Filho VP. Aspectos éticos do tratamento de feridas. In: Jorge AS, Dantas SR. Abordagem multiprofissional do tratamento de feridas. São Paulo: Atheneu; 2003. p. 7-10.

Hess CT. Tratamento de feridas e úlceras. 4a ed. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso; 2002.

Albuquerque ER, Alves EF. Análise da produção bibliográfica sobre qualidade de vida de portadores de feridas crônicas. Rev Saúde Pesq. 2011;4(2):147-52.

Brasil. Ministério da Saúde. Guia para o controle da hanseníase. 3a ed. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2002.

Leaper D, Scott E, Melling A. The evidence base in wound healing. Nurs Stand. 2004;18(24):73-4.

Miot HA, Mendaçolli TJ, Costa SV, Haddad GR, Abbade LP. Úlceras crônicas dos membros inferiores: avaliação pela fotografia digital. Rev Assoc Med Bras. 2009;55(2):145-8.

Calianno CA, Martin-Boyan A. When is it appropriate to photograph a patient’s wound? Adv Skin Wound Care. 2006;19(6):304-6.

Miot HA, Paixão MP, Paschoal FM. Fundamentos da fotografia digital em Dermatologia. An Bras Dermatol. 2006;81(2):174-80.

Vallarelli AF. Critérios para submissão de fotografias. An Bras Dermatol. 2011;86:212-4.

Greenes RA, Brinkley JF. Imaging systems. In: Shortliffe EH, Perreault LE, Wiederhold G, Fagan LM, editors. Medical informatics: Computer applications in health care and biomedicine. 2nd ed. New York: Springer-Verlag; 2000. p. 485-538.

Almeida AB. Usando o computador para processamento de imagens médicas. Rev Inform Med [Internet]. 1998 [acesso em 08 out. 2014];1(6): [aproximadamente 25 telas]. Disponível em: http://www.informaticamedica.org.br/informaticamedica/n0106/imagens.htm

Henrique Neto G, Ribeiro GC, Oliveira W, Valeri FV. Processamento e armazenamento de imagens médicas. In: Anais dos 3º Congresso Nacional de Iniciação Científica (CONIT); 1º Congresso Internacional de Iniciação Científica (COINT). São Paulo; 2003.

Scheinfeld NS, Flanigan K, Moshiyakhov M, Weinberg JM. Trends in the use of cameras and computer technology among dermatologists in New York City 2001-2002. Dermatol Surg. 2003;29(8):822-5.

Carrare AP, Moura LA, Amaral LH, Sigulem D. Uma proposta para gerenciameno e preservação de imagens em medicina na EPM/UNIFESP. Ci Inf. 2006;35(3):201-8.

Downloads

Publicado

2017-01-23

Como Citar

Gomes, R. C., & Canineu, P. R. (2017). Criação e uso de banco de dados fotográfico para acompanhamento de pacientes com lesões dermatológicas crônicas decorrentes da hanseníase. Revista Da Faculdade De Ciências Médicas De Sorocaba, 18(4), 199–203. https://doi.org/10.5327/Z1984-4840201624319

Edição

Seção

Artigo Original