Suite vénitienne, de Sophie Calle. Viagem autofotobiográfica com sombras, máscaras e mapas de ilusão.

Biagio D'Angelo

Resumo


Suite vénitienne é um relato autofotobiográfico de uma viagem de sua autora, a fotografa francesa Sophie Calle, para Veneza. Nesse documento híbrido, que manuseia a escrita, o diário e as realizações fotográficas, Calle propõe que o leitor seja também observador, mesmo escondido atrás de uma máscara, e perseguidor do outro, porque sempre em busca do reconhecimento da própria sombra. Parece-nos que Sophie Calle possa ser considerada a herdeira conceitual do biografema barthesiano.

Palavras-chave


Autobiografia; Fotografia; Sophie Calle; Biografema; Hibridismo

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em:

Apoio: