Os seis cisnes e a menina: algumas reflexões sobre a salvação segundo Simone Weil

Autores

  • Maria Clara Lucchetti Bingemer Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

DOI:

https://doi.org/10.19143/2236-9937.2016v1n1p97-123

Resumo

Este artigo pretende mostrar a relação que o pensamento de Simone Weil sempre fez com a literatura, especialmente com as fábulas e os contos. Fábulas e contos têm verdadeiras intuições da Verdade vindas do mais profundo da inconsciência da humanidade e que depois se tornam verdades acreditadas e apropriadas para as culturas e civilizações. Entre estas fábulas e contos, há um que causou fascinação desde a infância de Simone: Os seis cisnes de Grimm. Nele, Simone, uma agnóstica e ainda não conhecendo nada do Cristianismo descreve o papel de uma menina que salvou seus irmãos de uma maldição. Este conto, certamente preparou o encontro de Simone com o Cristianismo, bem como a leitura que ela fez da narrativa cristã de salvação, que ela mesmo viveu.

Palavras Chave: Simone Weil; Contos de Grimm; Teologia e Literatura.

Biografia do Autor

Maria Clara Lucchetti Bingemer, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

Doutora em Teologia Sistemática, Professora do Departamenteo de Teologia da Pontifícia Universidade Católica  do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

Downloads

Publicado

2011-06-01