INTERDISCIPLINARIDADE: TEMPO, ESPAÇOS, PROPOSIÇÕES

Ivani Catarina Arantes Fazenda, Ana Maria Ramos Sanchez Varella, Telma Teixeira de Oliveira Almeida

Resumo


O presente artigonasce do ato de “vislumbrar” uma possibilidade de criar um novo sentido para aEducação, a partir do que tem sido pesquisado sobre a temática daInterdisciplinaridade. Revelamos nossos primeiros escritos, numa tentativa deresponder a questões levantadas pelos participantes do Encontro AcadêmicoInternacional Interdisciplinaridade e Transdisciplinaridade no Ensino, Pesquisae Extensão em Educação, Ambiente e Saúde, realizado pela CAPES[1],em 2012. Esse encontro reuniu profissionais de diferentes áreas do conhecimentodo Brasil, do México, França, Alemanha, Inglaterra. Para a elaboração destetexto, captamos com escuta afinada e olhar[2]atento, alguns detalhes de falas dos palestrantes consideradas pertinentes.Nossa intenção é apenas sumarizar alguns dos muitos questionamentos levantadospelos participantes. O Grupo de Estudos e Pesquisas em Interdisciplinaridade,da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo- GEPI/PUC-SP[3]/CNPQ/UNESCO,coordenado por Fazenda, localizará a Interdisciplinaridade no espaço-temporal emostrará suas proposições neste artigo. Nas décadas de 60, 70 e 80, seu númerode pesquisas era reduzido e sua bibliografia pouco difundida, o que felizmentehoje não ocorre. A partir de 2000, a Interdisciplinaridade deixou de serquestão periférica, para tornar-se objeto central dos discursos governamentaise legais. Os escritos de Fazenda, Japiassu e Lenoir darão subsídios teóricos para este artigo.

Palavras-chave


interdisciplinaridade; tempos; espaços; proposições

Texto completo:

PDF ()

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais