A TEORIA ETNOCONSTITUTIVA DE CURRÍCULO E A PESQUISA CURRICULAR: CONFIGURAÇÕES EPISTEMOLÓGICAS, METODOLÓGICAS E HEURÍSTICO-FORMATIVAS

Roberto Sidnei Macedo

Resumo


O presente artigo apresenta as principais elaborações conceituais da Teoria Etnoconstitutiva de Currículo, vinculando-as às especificidades da pesquisa em currículo. Concebida como uma teoria-ação curricular/formacional, a singularidade desta sistematização teórica está na forma pela qual seus conceitos foram criados e fundamentam a pesquisa curricular. Os conceitos em pauta emergem de estudos, pesquisas e intervenções intercríticas em currículo e formação desenvolvidas e implementadas pelos pesquisadores do Grupo de Pesquisa FORMACCE FACED-UFBA  em cenários curriculares e formativos conceitualmente generativos. É nesses cenários que se entretecem etnométodos instituintes de saberesfazeres curriculares, a partir de contextos nos quais a afirmação da diferença torna-se heuristicamente fulcral. É nessa perspectiva que se desenvolve a etnopesquisa curricular, suas inspirações teóricas, opções epistemológicas, metodológicas e político-formativas.


Palavras-chave


Currículo. Teoria etnoconstitutiva. Etnopesquisa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1809-3876.2018v16i1p190-212

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais