POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL: UM OLHAR SOBRE A REALIDADE DE DOURADOS-MS

Paulo Gomes Lima, Karin Massirer da Silva

Resumo


As políticas públicas para a Educação Infantil evoluíram conforme os arranjos sociais, políticos e econômicos do mundo do trabalho, caracterizando por esta via a idéia de infância e a expectativa de educação correspondente a esta fase. A relação entre o mundo do trabalho e as projeções de políticas públicas para a Educação Infantil no Brasil estiveram orientadas, ao longo do tempo, por uma perspectiva de adequação da educação formal para o mercado, sem exceção da educação. À luz desta dimensão este trabalho analisará a concepção e o papel da Educação Infantil na escola brasileira a partir das políticas públicas para a educação, recortando-se como elemento norteador o município de Dourados. Utilizou-se a pesquisa bibliográfica à luz do materialismo histórico-dialético percorrendo o itinerário histórico da Educação Infantil, das políticas de Educação Infantil no Brasil, no Mato Grosso do Sul e finalmente de Dourados. Conclui-se que, a despeito da sistematização de políticas públicas para a Educação Infantil no município, ainda é necessário vontade política e mobilização popular para aperfeiçoar e fazer valer os direitos de democratização e universalização para este nível educacional, realidade que se estende ao país como um todo.

Palavras-chave


Políticas públicas para a educação; Infância; Educação Infantil

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais