A IDENTIDADE SOCIOPROFISSIONAL DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM PORTUGAL

José António Marques Moreira, António Gomes Ferreira

Resumo


O presente estudo tem como principal objectivo investigar a forma como os professores de Educação Física se relacionam e se veem relativamente a outros colegas do grupo disciplinar, avaliando o poder preditivo de variáveis, como a escola de formação inicial ou a experiência profissional, que concorrem para a (in) definição da sua identidade profissional. Recorrendo a uma metodologia de cariz qualitativo a investigação centrou-se num grupo de quinze professores com formações iniciais distintas da área disciplinar de Educação Física realizadas nas instituições mais marcantes de Portugal no século XX: Instituto Nacional de Educação Física (INEF), Institutos Superiores de Educação Física (ISEF), Escolas Instrutores de Educação Física (EIEF) e Faculdades de Ciências do Desporto e Educação Física (FCDEF). As principais conclusões do estudo sugerem-nos a existência de alguma coesão dentro do grupo disciplinar de Educação Física, já que os professores mais novos reconhecem que a sua evolução depende, também da relaçã que estabelecem com os mais velhos e os mais velhos reconhecem que os mais novos são indispensáveis na atualização de determinados saberes, procurando, pois, baseados nestes pressupostos, estabelecer uma relação profícua entre todos, independentemente da geração em questão ou da escola de formação inicial.

Palavras-chave


Educação Física – professores - identidade socioprofissional.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais