FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM PAULO FREIRE: UMA FILOSOFIA COMO JEITO DE SER-ESTAR E FAZER PEDAGÓGICOS

Maria Eliete Santiago, José Batista Neto

Resumo


Este artigo procura evidenciar princípios e práticas de formação de professores na perspectiva da pedagogia Paulo Freire. A formação é abordada como campo específico da área da educação, constituída pelas dimensões da formação inicial e continuada, entendida como um continuum e estruturada por concepções, princípios, estilos e práticas. As unidades de análises e vivências que expressam esta materialidade do pensamento em Paulo Freire referem-se a: (1) formação seja ela inicial ou continuada solicita um contexto de problematização da realidade; (2) escuta como fundamento do diálogo é uma prática e também um conteúdo indispensável no processo de formação; (3) tempo é uma dimensão fundamental para a materialidade das políticas e da intencionalidade educativa; (4) relação dialógica é expressão da relação teoria-prática que traduz a concretude de uma concepção formadora. Conclui-se com as evidências da prática docente freireana construída através da vivência do Seminário como um dispositivo pedagógico.

Palavras-chave


formação de professores; prática docente; pedagogia freireana; seminário.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais