A CONTRIBUIÇÃO DE PAULO FREIRE PARA O DESENVOLVIMENTO DE PRÁTICAS PSICOEDUCATIVAS NO ENCONTRO ESCOLA, COMUNIDADE, FAMÍLIA

Heloisa Szymanski

Resumo


Este artigo objetivou apresentar como algumas ideias seminais de Paulo Freire sobre o diálogo, como o modo privilegiado para educar na ótica de uma prática libertadora, orientaram escolhas metodológicas e teóricas de um trabalho de pesquisa intervenção que vem sendo realizado há quase duas décadas em uma bairro da periferia de São Paulo. O grande objetivo que orientou todos os projetos de pesquisa foi investigar como se deu a compreensão e apropriação de práticas educativas e de gestão escolar de cunho participativo e dialógico. Os projetos de intervenção, destinados a educadores atuando em diferentes contextos de educação formal e informal, visavam oferecer experiências de práticas dialógicas e acompanhar o desenvolvimento de propostas educativas de cunho dialógico realizadas por famílias e educadores. Diálogo, ao longo das atividades, apareceu para alguns dos participantes da pesquisa como algo muito perigoso, ameaçador da autoridade; outros, entretanto, aceitaram emergir para uma nova compreensão do educar e empenharam-se em ações transformadoras. Mover-se em direção a uma prática dialógica adquiriu o sentido de mudança existencial no modo de ver a si mesmo, o outro e o mundo, que alguns aceitaram e outros não.

Palavras-chave


Diálogo; Práticas Educativas Dialógicas; Relação escola-Família-Comunidade.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais