Escabiose em recém-nascido

Izilda das Eiras Tâmega, Raquel Rebouças de Biasi Dias, Mariana Fidelis Solla, Gabriela Moreira de Toledo, Bárbara Saragiotto, karine Guimarães, katia Scaganatta, Jaqueline Alves Rena

Resumo


Introdução: A escabiose consiste em uma doença contagiosa causada pelo ácaro Sarcoptes scabie, parasita exclusivo da pele humana, transmitida pelo contato direto com pessoa infectada. Pode ocorrer em qualquer faixa etária, independente do sexo, etnia ou hábitos de higiene, sendo diagnosticada com base na história de coceira noturna, associada a lesões cutâneas. Em geral, há mais de um caso na mesma residência. Apresenta diversos diagnósticos diferenciais por ser essencialmente uma dermatite. Objetivo: Alertar para possibilidade de escabiose na comunidade. Metodologia: As informações contidas nesse relato foram obtidas por meio de consultas médicas, registros fotográficos, evolução, hipóteses diagnósticas e revisão de literatura. Relato de Caso: E.T.L.T, sexo feminino. Aos 21 dias de vida, mãe relata vermelhidão nas costas da paciente e ao exame físico observa-se eritema máculo papular na região de transição parieto-occipital do crânio. A conduta baseia-se em orientação quanto à lavagem de roupa de cama com sabão de coco, remoção de xampu e talco e observação do rash cutâneo. Treze dias depois, mãe refere piora das manchas vermelhas e aparecimento de lesões em tórax anterior e posterior, pescoço e face. Relata ainda, ter cachorro em casa e lesões semelhantes em seu próprio tórax e mamas antes mesmo de a criança nascer. A orientação foi mantida, além de ser receitado enxofre precipitado a 10% para a mãe e a 5% para a criança. Após cinco dias de tratamento, as manchas regrediram e a paciente voltou a ser amamentada. Conclusão: A escabiose continua a ser uma dermatose frequente, cujo tratamento em idade pediátrica se restringe aos “steps” para o diagnóstico correto, desinfecção dos fômites e uso de um bom escabicida, tanto para a criança quanto para seus cuidadores.

Palavras-chave


dermatose; eritema máculo-papular; escabiose

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba. ISSN eletrônico 1984-4840



Apoio: ..............................................................................................................................................

  



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.