Teologia e bioética no filme Mar adentro, Espanha, 2004

Paulo Franco Taitson, Francisco das Chagas Santiago Silvestre, Jânio Santos da Cunha, Robson Feres de Oliveira

Resumo


O artigo faz uma reflexão sobre a eutanásia e suas consequências pelas quais se busca abreviar a vida de um doente reconhecidamente incurável. Cinema e Literatura se equiparam aqui, por serem artes narrativas que transmitem uma história, e é natural que o primeiro tenha se apropriado do segundo para impulsionar seu desenvolvimento. Por meio de uma estratégia própria, as duas artes narrativas se encontraram, fazendo uma discussão sobre o privilégio de uma sobre a outra, que rende frutos até os dias atuais. Esta prática pode ser analisada no filme espanhol Mar adentro, com reflexões teológicas frente as questões de valoração da vida, morte, sofrimento e ação moral. Nos dias de hoje o momento é muito rico, em função de infinitos horizontes dados pela ciência e pela tecnologia, que possibilitam a criação e a realização de projetos relacionados à proteção e ao cuidado com a leitura da morte. Mas sabemos, ao mesmo tempo, que o caminho para a degradação e até para o estabelecimento de uma cultura de morte também está posto. É exatamente por isso que não podemos dispensar, quando falamos de morte, de fazer um exercício bioético e um diálogo religioso. Assim, teologia, cinema e literatura se confluem à luz dos estudos bioéticos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19143/2236-9937.2016v4n7p163-173

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Filiada:

Apoio:


Teoliteraria está indexada em:

     

    

  

                         

 

 

 

 

 

Presença da Teoliteraria em Bibliotecas no exterior:

 

                         
                               
            
                        
                       
              
                              
                                          
                       
                
                             

 

           

  

 



  

     
 Está obra está licenciada sobre uma Creative Commons Attribution 4.0 International License.