Alfabetização, discurso e produção de sentidos sociais: dimensões e balizas para a pesquisa e para o ensino da escrita

Cecília Maria Aldigueri Goulart, Maria Cristina Corais

Resumo


Este texto apresenta parte de pesquisa recém-concluída, que delineia dimensões e balizas para o que vem sendo denominado perspectiva discursiva de alfabetização. Princípios da teoria da enunciação (Círculo de Bakhtin) e de estudos que analisam as relações entre sujeito e linguagem e o papel das interações discursivas nos processos de ensino e aprendizagem organizam a base teórico-metodológica do estudo, em que se analisam relatos escritos por cinco professoras alfabetizadoras durante 18 meses. Duas dimensões teórico-metodológicas de análise são trabalhadas: discursiva e indiciária. Mergulha-se nos modos como a prática pedagógica é movimentada em sala de aula, em busca de indícios para descrever a situação discursiva em que foram colhidos, analisá-los e interpretá-los. A pesquisa tem como horizonte compreender como podem ser concebidas metodologias de alfabetização em que o trabalho com a vida das crianças na cultura escrita se sobreponha ao trabalho tradicionalmente realizado com foco no sistema de escrita.


Palavras-chave


Alfabetização; Perspectiva discursiva; Paradigma indiciário; Cultura escrita; Círculo de Bakhtin

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.