Análise de Resumos de Periódicos Escritos por Cientistas Japoneses, Americanos e Britânicos com Coh-metrix e Gramulator

Philip M. McCarthy, Charles Hall, Nick D. Duran, Maki Doiuchi, Yuko Fujiwara, Benjamin Duncan, Danielle S. McNamara

Resumo


Este estudo interdisciplinar engloba duas análises complementares de um corpus de resumos de periódicos escritos em inglês por cientistas americanos, britânicos e japoneses. A primeira análise emprega a ferramenta computacional denominada Coh-Metrix para avaliar o texto em nível discursivo. A segunda análise emprega a ferramenta computacional denominada Gramulator para comparar a frequência de n-gramas nas três fontes de resumos. Tanto a análise com o Coh-Metrix como a análise com o Gramulator sugerem diferenças significativas entre as três variedades de inglês. As maiores diferenças vieram à tona ao comparar os resumos escritos por falantes de inglês e japonês; entretanto, algumas diferenças também foram observadas ao comparar o inglês britânico ao inglês americano. Os resultados contribuem para a conclusão de que os falantes nativos de inglês (críticos, editores ou leitores), tanto de sua variedade britânica como americana, podem considerar que os textos em inglês escritos por japoneses são deficientes em pontos-chave do estilo prototípico do registro em inglês. Nossos achados proporcionam informações para instrutores, criadores de cursos e cientistas em relação ao modo e aos pontos em que o texto poderia ser modificado para facilitar a produção de representações mais próximas das características apresentadas pelos falantes nativos de inglês.

Palavras-chave


Coh-Metrix; Gramulator; corpus; análise discriminante

Texto completo:

PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexicadores

Apoio

A Revista The Especialist e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Lincença Creative Commons: Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)