Manuais de Redação e Estilo: gêneros do discurso, linguagem e objetividade na imprensa

Sheila Vieira de Camargo Grillo

Resumo


Análise dos manuais de redação dos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo, com vistas a identificar as auto-representações e os aspectos normativos dos gêneros notícia e reportagem. A dicotomia fato/valor constitutiva da filosofia e do pensamento ocidentais sustenta a divisão entre gêneros informativos e opinativos da imprensa brasileira. Os recursos expressivos são mobilizados com o propósito de produzir um estilo objetivo. O desenvolvimento do jornalismo em tempo real é apontado como um fator responsável pelas alterações nas auto-representações dos gêneros informativos no manual de redação da Folha de S. Paulo.

Palavras-chave


gêneros do discurso; imprensa; estilo; objetividade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexicadores

Apoio

A Revista The Especialist e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Lincença Creative Commons: Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)