O Verbo se fez poesia: a Revelação de Deus na abordagem poética de José Tolentino Mendonça

Pedro Rubens Ferreira Oliveira

Resumo


A partir do conceito-chave da Revelação, o autor faz uma releitura das obras de José Tolentino Mendonça, editadas no Brasil neste decênio. Primeiro, em A Leitura Infinita (2015), aparece, explicitamente, a dinâmica fundamental da fé entre “escondimento e revelação”. A construção de Jesus (2018), segunda obra estudada, apresenta como a dinâmica narrativa de Lucas está a serviço da revelação do profeta de Nazaré. Em terceiro lugar, o livro Nenhum Caminho será longo: Para uma teologia da amizade (2013), constatando o desgaste da palavra amor, mostra, nas Escrituras, um Deus que se revela como amigo da humanidade. Em quarto lugar, caberá falar da revelação de Deus e do ser humano a partir da sede e da falta, tema da obra Elogio da sede (2018). Enfim, o artigo indica, em conclusão, nas filigranas de outros livros do autor, como o tema da revelação não é menos presente. Eis um guia de leitura deste grande literato, exegeta e teólogo.


Palavras-chave


Teologia e literatura; discernimento; experiência; poesia.

Texto completo:

PDF

Referências


ADÃO, F. S. La vie comme nourriture. Pour un discernement eucharistique de l’humain fragmenté. Tese (Doutorado em Teologia) – Facultés Jésuites de Paris, Centre Sèvres, Paris, 2019.

CALVINO, I. Por que ler os clássicos. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

CONCÍLIO VATICANO II. Dei Verbum: Constituição Dogmática sobre a Revelação Divina. Rio de Janeiro: Vozes, 1968.

CONSISTÓRIO 2019: Novo cardeal português é visto como “pensador e construtor de pontes”. [S.l.], 5, out., 2019. Disponível em: https://agencia.ecclesia.pt/portal/consistorio-2019-novo-cardeal-portugues-e-visto-como-pensador-e-construtor-de-pontes/ Acesso em: jul. 2020.

GENOLINI, A. C. M., OLIVEIRA, PRF. O cristianismo como estilo e Igreja em saída: convergências entre a teologia de Christoph Theobald e a perspectiva eclesial do Papa Francisco. Fronteiras, Recife, v. 2, n. 1, p. 90-114, jul./dez., 2019. https://doi.org/10.25247/2595-3788.2019.v2n2.p90-114| ISSN 2595-3788

GUTIERREZ, G. La libération par la foi. Boire à son propre puits. Paris: Cerf, 1988.

LOYOLA, Inácio. Exercícios Espirituais. São Paulo: Edições Loyola, 2000.

MALZONI C. V.; PACHECO L.; OLIVEIRA, P. R. F., As portas de uma igreja aberta segundo João Evangelista [E outras histórias que a Bíblia não contou]. São Paulo: Paulinas; Recife: Unicap, 2019.

MALZONI, C. V. O Evangelho segundo João. São Paulo: Paulinas, 2018.

MENDONÇA, J. T. A construção de Jesus: a dinâmica narrativa de Lucas. São Paulo: Paulinas; Recife: Unicap, 2018a.

MENDONÇA, J. T. A Leitura Infinita: a Bíblia e a sua interpretação. São Paulo: Paulinas/Unicap, 2015.

MENDONÇA, J. T. A Leitura Infinita: Bíblia e Interpretação. Lisboa: Assírio & Alvim, 2008.

MENDONÇA, J. T. Apresentação e fixação do texto. In: Bíblia Ilustrada: Génesis – Levítico. Tradução de João Ferreira Annes d’Almeida. Lisboa: Assírio & Alvim, 2006.

MENDONÇA, J.T. A mística do instante. O tempo e a promessa. São Paulo: Paulinas, 2016.

MENDONÇA, J.T. Elogio da Sede. São Paulo: Paulinas, 2018b.

MENDONÇA, J.T. Libertar o tempo. Para uma arte espiritual do presente. São Paulo: Paulinas, 2017.

MENDONÇA, J.T. Nenhum caminho será longo. Para uma teologia da amizade. São Paulo: Paulinas, 2013a.

MENDONÇA, J.T. O tesouro escondido. Para uma busca interior. São Paulo: Paulinas, 2012.

MENDONÇA, J.T. Pai nosso que estás na terra. O Pai-nosso aberto a crentes e não crentes. São Paulo: Paulinas, 2013b.

MENDONÇA, J.T. Um Deus que dança: itinerários para a oração. São Paulo: Paulinas, 2016b.

MENDOZA-ÁLVAREZ, C. O Deus escondido da pós-modernidade. Desejo, memória e imaginação escatológica. Ensaio de teologia fundamental pós-moderna. São Paulo: É Realizações, 2011.

THEOBALD, C. Le christianisme comme style. Une manière de faire de la théologie en postmodernité. Paris: Cerf, 2007.

VILLAS BOAS, A. Teologia em diálogo com a Literatura. Origem e tarefa poética da teologia. São Paulo: Paulus, 2016, p. 470.)

VILLAS BOAS, A.; MANZATO, A. A Bíblia na relação entre Teologia e Literatura. Volumes I e II. Revista Teoliterária, v. 4, n. 7 e 8, 2014.




DOI: https://doi.org/10.23925/2236-9937.2020v22p410-443

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Filiada:

Apoio:


Teoliteraria está indexada em:

     

    

  

                         

 

 

 

 

 

Presença da Teoliteraria em Bibliotecas no exterior:

 

                         
                               
            
                        
                       
              
                              
                                          
                       
                
                             

 

           

  

 



  

     
 Está obra está licenciada sobre uma Creative Commons Attribution 4.0 International License.