ESTUDO DE DOCUMENTOS CURRICULARES LOCAIS E SUAS IMPLICAÇÕES PARA CONSTRUÇÃO DA DIFERENCIAÇÃO/FLEXIBILIZAÇÃO CURRICULAR (1998-2008)

Fabiany de Cassia Tavares Silva

Resumo


Este texto apresenta análises de pesquisa, que visa mapear as estruturas de gestão do currículo necessárias para a efetivação da diferenciação/flexibilização, principalmente aquelas que apontam quer para o progresso qualitativo da aprendizagem escolar, quer para a identificação e a resposta positiva às necessidades específicas de alunos com deficiências. Entendemos a diferenciação/flexibilidade curricular, nos limites deste estudo, na proposição de construção de percursos curriculares alternativos, isto é, alteração de objetivos, conteúdos programáticos, atividades e avaliação em função das ofertas escolares e das necessidades educativas dos alunos, aqui especificamente os com deficiência. Ainda que iniciais, as análises apontam que os documentos curriculares parecem ter sido concebidos unicamente como guias, orientadores do trabalho docente, frequentemente menosprezando o debate do “por que fazer” em virtude da valorização do “como fazer”. Contudo, tais documentos professam a idéia de progresso e pretendem-s inovadores e instituidores de uma nova lógica de organização da escola e do acesso ao conhecimento escolar

Palavras-chave


Currículo - Documentos Curriculares - Diferenciação Curricular

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais