UNIVERSITÁRIOS CEGOS: A VISÃO DOS ALUNOS E A (FALTA DE VISÃO) DOS PROFESSORES

Roseli Albino dos Santos, Suelene Regina Donola Mendonça, Mércia Aparecida Cunha de Oliveira

Resumo


Esta pesquisa teve por objetivos analisar como os alunos com deficiência visual,  matriculados no curso de Pedagogia de uma universidade do Vale do Paraíba, Estado de São Paulo, percebem a organização do espaço escolar e as condições de ensino oferecidas pela universidade, bem como analisar a atuação e as expectativas dos  professores nesse processo de ensino. Os sujeitos da pesquisa foram três alunos com deficiência visual e oito professores. Para a coleta dos dados, foram utilizados roteiros de entrevistas semiestruturadas.  Os resultados da pesquisa indicam como principais dificuldades enfrentadas no curso a falta de material adaptado às necessidades desses alunos, as condições arquitetônicas do prédio por não atenderem às normas da Lei de Acessibilidade e o fato de os professores não estarem preparados para ensinar alunos deficientes visuais. A preparação dos professores do ensino superior para atender aos alunos que possuem essa deficiência tornou-se uma medida imprescindível.


Palavras-chave


educação inclusiva; deficiência visual; ensino superior

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais