FeminismoAgora! Autorreflexão e Formação Política

Carmen Silvia Maria da Silva

Resumo


O artigo apresenta uma experiência de formação política feminista com mulheres jovens, em Recife, realizada nos anos de 2013 e 2014, com base no feminismo e na perspectiva pedagógica de Paulo Freire. Com base na metodologia de sistematização de Educação Popular, narra o desenvolvimento e os resultados da experiência para discutir a relação entre Educação Popular e Pedagogia Feminista. Toma a metodologia de autorreflexão como elemento relevante do debate educacional sobre pedagogia feminista, entendendo o feminismo como um movimento social que considera indivíduos e coletivos como sujeitos de transformação. Na sua conclusão, apresenta como principal achado deste processo de pesquisa-sistematização a relevância de associar a metodologia de autorreflexão, elementos de formação política e acompanhamento da atuação como fundamentais para a formação em movimentos sociais.

 


Palavras-chave


Feminismo. Educação popular. Movimentos sociais.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais