EDUCAÇÃO, MERCADO e CULTURAS DE CONTROLE

Michael Apple

Resumo


Neste artigo eu analiso algumas maneiras pelas quais alguns elementos da modernização conservadora tiveram impacto na educação superior e na educação em geral. Focalizo o crescimento da lógica da mercantilização e da cultura de controle que as acompanha.. No processo, destaco alguns perigos que comumente enfrentamos. Todavia, também alerto para que não admitamos que essas condições possam ser reduzidas a efeitos mecânicos de simples fórmulas. Precisamos de um quadro mais complexo e com muito mais nuances acerca das relações de classe e dos projetos de classe, para entendermos o que está acontecendo; e, como eu não fiz isso aqui, precisamos de uma análise mais sensível e historicamente fundamentada, acerca do lugar das dinâmicas raciais na visão tanto de “um mundo fora de controle” que necessita ser policiado quanto da “poluição cultural” que ameaça o “conhecimento real” com o Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Programa de Pós-graduação Educação: Currículo Revista E-Curriculum http://www.pucsp.br/ecurriculum Revista E-Curriculum, São Paulo, v. 2, n. 3, dez. 2006. http://www.pucsp.br/ecurriculum crescimento do mercado e as culturas de controle. Ficar mais atento às nuances acerca dessas dinâmicas essenciais não garantirá que poderemos interromper as tendências que enfoquei aqui. Mas é um passo fundamental para compreendermos a gênese do que está em risco nessa importante política de interrupção.

Palavras-chave


apple@education.wisc.edu

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais