BALANÇO DA PRODUÇÃO DE CONHECIMENTOS SOBRE EDUCAÇÃO NÃO ESCOLAR DE ADULTOS: EDUCAÇÃO NO CAMPO, 1998-2006

Fabiana de Cássia Rodrigues

Resumo


Nesse texto realiza-se a análise de 16 trabalhos, 9 dissertações e 7 teses de doutorado, que tiveram por objeto a educação de adultos em movimentos de luta pela terra e em projetos de extensão rural, defendidas no período entre 1999 e 2006 em universidades públicas e privadas no Brasil. A partir desta análise, foi constatada uma diferença fundamental entre dois grupos de trabalhos analisados, de um lado trabalhos ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e seu confronto com o sistema do capital. De outro lado, estão os trabalhos que tiveram por objetivo estudar as abordagens realizadas pelo governo e por Organizações não governamentais (Ongs) na educação dos trabalhadores no campo, denominadas de atividades de extensão rural. Trata-se, nesse caso, de uma abordagem que pressupõe o capitalismo, ao mesmo tempo em que pretende melhorá-lo, sem confrontá-lo em nenhum momento.

Palavras-chave


Educação no campo; MST; extensão rural

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais