UMA TRAMA CONCEITUAL CENTRADA NO CURRÍCULO INSPIRADA NA PEDAGOGIA DO OPRIMIDO

Ana Maria Saul, Alexandre Saul

Resumo


O currículo se encontra, nas últimas décadas, em uma arena de disputa por tratar de decisões que dizem respeito à formação humana. Dizer do currículo significa enfrentar a questão: Que educação queremos e precisamos para a sociedade em que vivemos? Este texto objetiva apresentar um crivo crítico centrado no conceito de currículo, por meio de uma trama conceitual construída a partir de referenciais da Pedagogia do Oprimido. Trata-se de uma reflexão teórica que visa oferecer contribuições para o ensino e a pesquisa, na subárea do Currículo. A opção que se fez pela epistemologia freireana se deu em virtude de que ela tem o diálogo como pressuposto ético-político-gnosiológico e a utopia, como horizonte possível de transformação social. Uma incursão pela obra de Freire, tomando por base a Pedagogia do Oprimido, permitiu selecionar categorias que se articulam, e possibilitou compor uma original e compreensiva concepção do constructo currículo, por meio de um entrelaçamento metódico das seguintes categorias: reflexão crítica sobre a prática, linguagens, diálogo, participação e transformação. A construção da trama conceitual freireana, um recurso teórico-metodológico para o ensino e a pesquisa, insere-se nos campos da teoria e do desenvolvimento curricular e pode subsidiar discussões e práticas curriculares em todas as modalidades e níveis de ensino. 


Palavras-chave


Paulo Freire; Currículo; Trama Conceitual Freireana

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1809-3876.2018v16i4p1142-1174

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais