O PENSAMENTO DE PAULO FREIRE NO CAMPO DE FORÇAS DAS POLÍTICAS DE CURRÍCULO: A DEMOCRATIZAÇÃO DA ESCOLA

Ana Maria Saul, Antonio Fernando Gouvêa Silva

Resumo


O objetivo desse artigo, no ano de comemoração dos 90 anos de nascimento de Paulo Freire, é destacar e analisar a vigência e a vitalidade do pensamento desse educador que influenciou o ideário educacional de várias gerações do século XX e cujo legado vem sendo recriado por povos de múltiplas geografias, em diferentes momentos históricos. Em especial, o texto trata da contribuição de Freire para as políticas de currículo, no Brasil, a partir da década de 90, que tomam como referência a política da Secretaria Municipal de São Paulo, no período em que Paulo Freire assumiu a pasta da Educação, como secretário. Trabalha-se, nesse texto, com argumentos que visam a demonstrar ser possível e desejável construir uma práxis na qual as escolas tenham voz e autonomia, caracterizando-se como conceptoras de currículo. Como ilustração, serão apresentadas políticas curriculares desenvolvidas em diferentes redes de ensino analisadas em pesquisas integradas à Cátedra Paulo Freire, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP).

Palavras-chave


Paulo Freire; políticas de currículo; democratização da escola.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais