Convergência de Sequências: uma abordagem com o software GeoGebra

Lucas Carato Mazzi

Resumo


O objetivo deste artigo é discutir o papel que o software GeoGebra assumiu em uma atividade cujo objetivo era experimentar a noção convergência de sequências. Entendo a experimentação como o uso de métodos não dedutivos, por exemplo, utilizar a intuição, a visualização e/ou o raciocínio por analogia. Ao elaborar a atividade, tive como pressuposto o constructo teórico Seres-Humanos-com-Mídias que defende que o conhecimento é produzido por um coletivo formado de humanos e não-humanos. Para aplicar as atividades, utilizei a metodologia do Experimento de Ensino. Elas foram aplicadas a quatro alunas do curso de Licenciatura em Matemática. Os dados apontaram que o software, juntamente com seu dinamismo e sua capacidade de visualização, foi relevante para a compreensão da noção de convergência de sequências.

Palavras-chave


Análise Real; Experimentação; Visualização.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista do Instituto Geogebra Internacional de São Paulo está indexada nas seguintes bases:

             

 

        

   

Revista do Instituto GeoGebra internacional de São Paulo (IGISP) E- ISSN 2237-9657  (versão eletrônica)

Qualis/Capes: Qualis A3 na avaliação de Qualis/Capes (2017/2018)

Licença que permite que outros compartilhem o trabalho com um reconhecimento da autoria do mesmo e publicação inicial nessa revista GeoGebra.

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.