Ensino-aprendizagem de Habilidades Orais em Línguas Estrangeiras para Fins Específicos: Preparação de Anfitriões Bilíngues para a CONFINTEA VI

Edwiges Conceição de Souza Fernandes, Silvia Helena Benchimol Barros

Resumo


Este artigo relata as experiências de um curso preparatório no qual os princípios de LEFE2foram abordados com o propósito de habilitar falantes bilíngues competentes para desempenhar o papel de anfitriões durante o evento CONFINTEA VI. Os participantes do curso, provenientes de duas Universidades Públicas Brasileiras: Universidade do Estado do Pará e Universidade Federal do Pará, foram selecionados por meio de um processo que envolveu avaliação das necessidades, desenho curricular, seleção de material e ensino colaborativo. Foram utilizadas diferentes estratégias de comunicação com o intuito de facilitar a interação com os convidados estrangeiros participantes do evento internacional. As bases teóricas deste trabalho residem principalmente nas obras de Almeida Filho (1998), Dudley-Evans and St. John (1998), Hutchinson and Waters (1987), Munby (1978) e Nunan (1988). Esta experiência de ensino é relatada através de uma perspectiva qualitativa e seus resultados positivos foram atribuídos à aprendizagem eficaz cultivada em um ambiente criado para o desenvolvimento de conhecimentos linguísticos multiculturais.

Palavras-chave


LEFE; habilidade oral; educação de adultos; conhecimento linguístico multicultural

Texto completo:

PDF (English)
© The ESPecialist - 2018
Desenvolvido por Rodrigo Veiga