REVER - Revista de Estudos da Religião

ISSN 1677-1222: A REVER - Revista de Estudos da Religião é uma publicação quadrimestral resultante da parceria entre o Programa de Pós-graduação em Ciência da Religião, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, e o Instituto de Estudos de Religião (www.ier.ucp.pt) da Universidade Católica Portuguesa. Ela é classificada como A2 no QUALIS de sua área (Ciências da Religião & Teologia). Seus objetivos são informar o leitor sobre a pesquisa corrente e propiciar uma discussão metateórica em torno da Ciência da Religião. Ao mesmo tempo, a REVER pretende servir de elo com a discussão acadêmica internacional, abrindo espaço para artigos de autores de outros países. Cada número da REVER traz uma Seção temática que reúne artigos sobre um assunto específico. Outros artigos incluídos na parte principal da revista estão na seção Intercâmbio. A seção Subsídios oferece texto uteis para o ensino universitário na área de Ciência da Religão. Em Fórum, o leitor vai encontrar textos pontuais sobre temas diversos relacionados ao estudo das religiões. Outros textos e informações de interesse estão na seção Resenhas. Os números lançados entre 2001 e 2010 foram arquivados. Para acessá-los clique em NÚMEROS ANTERIORES DE 2001 A 2010.

This periodical is indexed in the ATLA Religion Database® (ATLA RDB®), a product of the American Theological Library Association, 300 S. Wacker Dr., Suite 2100, Chicago, IL 60606, USA.

Outros indexadores: LATINDEXACADEMIC JOURNALS DATABASEDOAJIBICTEBSCOWorldCate-revistasACAAPDialnetREDIB; ROAD




v. 18, n. 2 (2018): Conferência de Medellín: 50 anos depois


Capa da revista

CALL FOR PAPERS

3/2018: Religião, memória e identidade na Europa

Num momento em que as questões religiosas ocupam a agenda pública de muito modos, torna-se necessário identificar o papel da memória religiosa nos processos de transmissão cultural e nas dinâmicas de construção das identidades. É que a memória não se reduz a uma raiz única. Trata-se sempre de uma memória de memórias, marcada, no contexto das modernidades múltiplas, pelos trânsitos do religioso transnacional e global. Mas sublinhe-se, também, que a memória não é um fóssil, pois dialoga com o esquecimento e com a invenção. Privilegiam-se as seguintes linhas de pesquisa: Comunidade e identidade, conflito e negociação; Património religioso e transmissão cultural; Regulação política da diversidade: mapas da laicidade; Geografia da secularização comparada; As reversibilidades do religioso em movimento: fluxos entre o Sul e o Norte; Religião, memória e identidade; léxicos, conceitos, teorias e modelos de investigação.

1/2019: 40 anos Ciência da Religião no Brasil

Nesse ano a Ciência da Religião completa 40 anos de presença institucional no Brasil e pode exibir hoje um quadro expressivo de centros de estudo, de pesquisadores e de produção acadêmica. O Programa de Estudos Pós-graduados em Ciência da Religião da PUC-SP foi um dos pioneiros na área e contribuiu durante esse período com a sua demarcação epistemológica em âmbito interno e nacional. este número da REVER pretende oferecer um balanço histórico, institucional e teórico dos estudos científicos da religião no Brasil. Está aberta a contribuição de pesquisadores que contribuam com a construção dessa memória e da exposição desse panorama.                                    

2/2019: Religião, Territórios, Redes e Fluxos

A investigação sobre as correlações entre as formas humanas de habitar o espaço e as práticas/representações religiosas tem uma longa tradição nos Estudos de Religião. Na indagação sobre as religiões pré-históricas, no estudo das origens das tradições religiosas ou no mapeamento dos itinerários de disseminação religiosa, a problemática do uso e da apropriação religiosa do espaço emerge incontornavelmente. Os objetos de estudo, neste domínio, dizem respeito tanto à longa duração das culturas como às dinâmicas de mudança social mais recentes. As sociedades contemporâneas têm-se tornado mais diversas, sendo marcadas por uma pluralidade inédita de cosmovisões religiosas. Neste contexto, em diferentes disciplinas, fala-se do fim da territorialidade local compacta, quadro social em que era possível encontrar imediatamente, para cada pessoa, objeto ou acontecimento, uma rede estável de significação, referida a um lugar. As novas gramáticas do território têm um importante impacto na morfologia do campo religioso. Neste âmbito temático, a Revista de Estudos da Religião está particularmente interessada em contributos pluri, inter e transdisciplinares que explorem os seguintes tópicos: Comunidade, identidade e território; Climas, culturas e religiões; Disseminação espacial do religioso – redes e fluxos; História e geografia das tradições religiosas; Territorialidade e estratégias de sacralização do espaço; Dinâmicas transnacionais e redes de sociabilidade religiosa; Religião, segurança e mobilidade humana; Comunicação em rede e novas sociabilidades religiosas.