CONSTITUIÇÃO DO CURRÍCULO MULTIREFERENCIAL NA CULTURA DA MOBILIDADE

Tatiana Santos da Paz, Isa Beatriz da Cruz Neves, Lynn Rosalina Gama Alves

Resumo


Na cibercultura tudo parece estar em rede e a rede está em todos os lugares. As tecnologias digitais reconfiguram a mobilidade informacional, num processo que envolve alterações nas dinâmicas sócio-comunicacionais. Este novo contexto é inspirador para repensar o currículo educacional, sobretudo na perspectiva multirreferencial que dentre outras coisas rompe com a ênfase em aspectos como a disciplinaridade, tem o foco principal no alunado, valoriza a heterogeneidade e considera as distintas referências que fazem parte do universo dos sujeitos envolvidos nos processos de aprendizagem escolares e não escolares. Diante disto, este artigo tem como objetivo estabelecer uma interface entre o currículo multirreferencial e o atual contexto da interação com os dispositivos móveis digitais, através de argumentação teórica, revelando que a cultura da mobilidade proporciona uma base dinâmica de produção social de conteúdo, que pode propiciar a vivência de um currículo cada vez mais dinâmico, contextualizado e que prioriza o respeito as diferenças, os gostos, os interesses e as necessidades de cada um aluno.


Palavras-chave


cibercultura, cultura da mobilidade, currículo multiferreferencial

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais