Crianças indígenas, educação, escola e interculturalidade

Maria Aparecida Bergamaschi, Ana Luisa Teixeira de Menezes

Resumo


Apresentamos, nesse artigo, reflexões produzidas a partir da convivência com o povo Guarani, buscando compreender seus processos próprios de educação que envolvem as crianças e são responsáveis pela formação da pessoa. O estudo, decorrente de pesquisas que se prolongam há mais de uma década, se assenta em uma perspectiva etnográfica, em que sensibilidade e razão se aliam para construir compreensões acerca dos modos de educar deste povo, em diálogo com autores que descrevem a educação das crianças indígenas em outros tempos e lugares. Constatamos uma educação que considera a dimensão espiritual, a dimensão coletiva de uma comunidade que se mostra implicada com a formação da pessoa e uma dimensão individual, em que cada um se responsabiliza por si, imbuído por uma busca e por um caminhar. 


Palavras-chave


educação indígena; crianças indígenas; crianças Guarani; interculturalidade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais