OS PARADIGMAS TECNOPRODUTIVOS DO SISTEMA (1950-2000)

Jorge Norberto Cornejo

Resumo


O presente trabalho efetua uma análise da relação existente entre os sucessivos paradigmas tecno-produtivos que caracterizaram o sistema capitalista nos últimos cinqüenta anos do século XX, e as formas que a educação adquiriu na República Argentina durante o mesmo período. Divide-se o estudo em seis etapas, que seguem a evolução do capitalismo desde os modelos keynesianos até o paradigma neoliberal ortodoxo. Estas etapas encontram a correspondência com a educação na transformação progressiva experimentada pela escola, desde seu modelo inicial de instituição centrada na comunicação de conteúdos, passando por diversos estados Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Programa de Pós Graduação Educação: Currículo Revista E-Curriculum http://www.pucsp.br/ecurriculum Revista E-Curriculum, São Paulo,v. 1, n. 1, dez. - jul. 2005-2006. http://www.pucsp.br/ecurriculum intermediários, até a aplicação escolar de concepções do toyotismo. Finalmente, colocam-se as dúvidas e interrogações sobre o real valor desta última concepção como modelo de prática educativa.

Palavras-chave


Capitalismo, Educação, Ciência, Tecnologia

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais