Focos da pesquisa stricto sensu em Modelagem Matemática na Educação Matemática brasileira: considerações e reflexões
Research focus stricto sensu of the Mathematical Modeling in Brazilian Mathematics Education: considerations and reflections

Carla Melli Tambarussi, Tiago Emanuel Klüber

Resumo


Esse trabalho, por intermédio de uma pesquisa denominada “Estado da Arte”, evidenciou num primeiro momento os focos das dissertações e teses de Modelagem Matemática na perspectiva da Educação Matemática de 1989 a 2011. Para o levantamento das pesquisas utilizamo-nos do Banco de Teses da CAPEs e detectamos setenta e seis trabalhos a partir dos termos “Modelagem Matemática” e “Educação Matemática”, os quais foram analisados e categorizados, segundo as suas próprias informações. Num segundo momento, no sentido de transcender o trabalho inicial de cunho mais descritivo, estabelecemos a seguinte interrogação: O que revelam os focos das pesquisas em Modelagem Matemática na Educação Matemática? Buscando responder a este questionamento, ao longo do artigo, discutimos as seis categorias nas quais os focos das pesquisas ficaram organizados à luz da teoria existente acerca do tema.

 

Abstract

This essay, through a research called "State of the Art", showed at first moment the focus of dissertations and thesis of Mathematical Modeling in Mathematics Education on the period betwenn 1989 and 2011. To survey the research we use ourselves thesis bases of the CAPES and detected seventy-six researches from the terms "Mathematical Modeling" and "Mathematics Education", which were analyzed and categorized according to their own information. On second step, in order to transcend the initial study of a more descriptive way we established the following question: What show the main focus of research in mathematical modeling in Mathematics Educação Matemática? Seeking to answer this question, along the article, we discussed the six categories in which the focus of the research will be organized in the light of existing theory about the topic.



Palavras-chave


Revisão Bibliográfica; Pesquisa Educacional; Ensino de Ciências e Matemática.

Texto completo:

PDF

Referências


LAPERRIÈRE, A. (2010). A indução analítica. In: POUPART, J. (org). A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Trad. Ana Cristina Nasser. 2ªEdição. Petrópolis, RJ: Vozes, 410-436.

BARBOSA, J.C. (2001). Modelagem na Educação Matemática: Contribuições para o detabe teórico. In: Reunião Anual da ANPED, 24, 2001. Caxambu. Anais... Caxambu: ANPED.

BARBOSA, J.C. (2004). Modelagem Matemática: O que é? Por que? Como? In Veritati. n. 4, 73-80.

BASSANEZI, R.C. (2002). Ensino-aprendizagem com modelagem matemática. São Paulo: Contexto.

BICUDO, M.A.V. (2003). A formação do professor: um olhar fenomenológico. In: ______. (org.). Formação de Professores? Da incerteza à compreensão. Bauru: EDUSC, 19-46.

______.; KLÜBER, T.E. (2011). Pesquisa em Modelagem Matemática no Brasil: a caminho de uma metacompreensão. In Cadernos de Pesquisa. São Paulo. v. 41. n. 144, 904-927.

BIEMBENGUT, M.S. (1999). Modelagem Matemática e implicações no ensino-aprendizagem de matemática. Blumenau: Furb.

BURAK, D. (1992). Modelagem matemática: ações e interações no processo de ensino-aprendizagem. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Estadual de Campinas, Unicamp.

______. (2010) Uma perspectiva de modelagem matemática para o ensino e a aprendizagem da matemática. In Modelagem Matemática uma perspectiva para a Educação Básica. Ponta Grossa: Editora UEPG, 15-38.

______. (2010). Uma perspectiva de modelagem matemática para o ensino e a aprendizagem da matemática. In BRANDT, C.F.; ______.; KLÜBER, T.E. Modelagem Matemática uma perspectiva para a Educação Básica. Ponta Grossa: Editora UEPG, 15-38

FERREIRA, N.S.A. (2002). As pesquisas denominadas “Estado da Arte”. In Educação & Sociedade. Campinas. a. XXIII. n. 79, 257-272.

KLÜBER, T. E. (2010). Modelagem Matemática: revisitando aspectos que justificam a sua utilização no ensino. In Modelagem Matemática uma perspectiva para a Educação Básica. Ponta Grossa: Editora UEPG, 97-114.

______. (2012). Uma metacompreensão da Modelagem Matemática na Educação Matemática. Tese (Doutorado em Educação Científica e Tecnológica) – Centro de Ciências Físicas e Matemática, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

______.; BURAK, D. (2012). Sobre os objetivos, objetos e problemas da pesquisa brasileira em Modelagem Matemática na Educação Matemática. In Práxis Educativa. Ponta Grossa. v. 7. n. 2, 467-488.

MEYER, J.F.C.A; CALDEIRA, A.D; MALHEIROS, A.P.S. (2011). Modelagem em Educação Matemática. Belo Horizonte: Autêntica.

NISS, M. (2001). Issues and problems of research on the teaching and learning of applications and modelling. In MATOS, J. F.; BLUM, W.; HOUSTON, S. K.; CARREIRA, S. P. (Eds.). Modelling and mathematics education – ICTMA 9: applications in science and technology. Chichester: Horwood Publishing, 72-88.

ROMANOWSKI, J.P; ENS, R. T. (2006). As pesquisas denominadas do tipo “Estado da Arte” em Educação. In Revista Diálogo Educacional. Curitiba (PUC/PR). v. 6. n. 19, 37-50.

SANTANA, J.R.M; LIMA, E.B. (2011). Pesquisa em Ensino de Ciências na atualidade: um breve estado da arte de 1990 a 2010. In V Colóquio Internacional de Educação e Contemporaneidade, 5, 2011, São Cristovão. Anais... São Cristovão.

SEVERINO, A.J. (2007). Metodologia do trabalho científico. 23ª Edição. São Paulo: Cortez, 2007.

SILVA, V.S; KLÜBER, T.E. (2012). Modelagem Matemática nos anos inciais do ensino fundamental: uma investigação imperativa. In Revista Eletrônica de Educação. São Carlos. v. 6. n. 2, 228-249.

SILVEIRA, E. (2007). Modelagem Matemática em Educação no Brasil: entendendo o Universo de Teses e Dissertações. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

TEIXEIRA, P.M.M; NETO, J.M. (2012). O estado da arte da pesquisa em ensino de Biologia no Brasil: um panorama baseado na análise de dissertações e tese. In Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias. v. 11. n. 2, 273-297.

WALTER, S.A; BACH, T.M. (2009). Adeus papel, marca-textos, tesoura e cola: Inovando o processo de análise de conteúdo por meio do Atlas. In Seminários de Empreendendorismo e Educação, 12, 2009. São Paulo. Anais... São Paulo: USP.

WARDE, M.J. (1990). O Papel da pesquisa na pós-graduação em educação. In Cadernos de Pesquisa. São Paulo. n. 73, 67-75.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA