O enunciado “é importante formar sujeitos críticos e reflexivos” nas tramas discursivas da modelagem matemática: uma problematização
The statement “it is importante to form critical and reflective subjects” in the discursive matches of mathematical modeling: a problematization

Maria Carolina Machado Magnus, Ademir Donizeti Caldeira, Claudia Glavam Duarte

Resumo


O presente artigo tem por objetivo problematizar, a partir da exterioridade, as condições que possibilitaram a entrada na ordem do discurso da Modelagem Matemática de um enunciado que foi se constituindo como uma das “verdades” quase inquestionáveis neste campo: é importante formar sujeitos críticos e reflexivos. Os aportes teórico-metodológicos vinculam-se às teorizações do filósofo Michel Foucault. O material analítico abrange teses, dissertações e anais da Conferência Nacional sobre Modelagem na Educação Matemática. A análise desses materiais evidenciou que a emergência do enunciado em questão está entrelaçada a outras tramas discursivas: política, econômica, educacional e cultural. Pudemos concluir que a Modelagem não objetivaria, apenas, ensinar Matemática, ela se tornaria, também, um espaço de fabricação de subjetividades. Ela seria, também, uma questão de identidade.

The present article aims to problematize, from the outside, the conditions that allowed the entry into the order of Mathematical Modeling discourse of a statement that is becoming one of the almost unquestionable “truths” in this field: it is important to train critical and reflective individuals. The theoretical-methodological contributions are linked to the theorizations of the philosopher Michel Foucault. The analytical material includes theses, dissertations, and annals of the National Conference on Modeling in Mathematics Education.  The analysis of these materials showed that the emergence of the statement in question is intertwined with other discursive plots: political, economic, educational and cultural. We could conclude that Modeling would not only aim to teach mathematics, it would also become a space for the fabrication of subjectivities. It would also be a question of identity.


Palavras-chave


Modelagem Matemática; Sujeito Crítico e Reflexivo; Enunciado; Identidade

Texto completo:

PDF

Referências


FOUCAULT, M.. Verdade e poder. In: FOUCAULT, M. Microfísica do poder. Rio de Janeiro, Graal, 2011a.

_____. Nietzsche, a genealogia e a história. In: FOUCAULT, M. Microfísica do poder. Rio de Janeiro, Graal, 2011b.

______. Vigiar e punir: história da violência nas prisões. Trad. Raquel Ramalhete. 41ªed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

______. A Arqueologia do Saber. Trad. Luiz Felipe Baeta Neves. 8ª ed. 3ª tiragem. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2014a.

______. A ordem do discurso: aula inaugural no Collège de France, pronunciada em 2 de dezembro de 1970. Trad. Laura Fraga de Almeida Sampaio. 24ª ed. São Paulo: Edições Loyola, 2014b.

_____. História da sexualidade 2: o uso dos prazeres. Trad. Maria Thereza da Costa Albuquerque. 1ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2014d.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2018v21i2p023-043

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Educação Matemática Pesquisa : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática



INDEXADORES DA REVISTA
     
             Anti-Plágio