Um estudo praxeológico de Poliedros em um Livro Didático de Matemática do Ensino Médio
A praxeological study of polyhedra in a textbook of high school mathematics

Márcio Silveira Ramos, José Fernando Santos Rodrigues Junior, Afonso Henriques

Resumo


Neste artigo tem-se como objetivo analisar e apresentar os possíveis resultados da praxeologia do ensino de Poliedros, evidenciados como sólidos geométricos, proposta em um livro didático (LD) de Matemática do 2º ano do Ensino Médio. Para isso, adotamos como metodologia de pesquisa a análise institucional & sequência didática. Como fundamentação, apoiamo-nos na Teoria Antropológica do Didático, nas suas vertentes praxeológica e ecológica, visando identificar os diferentes tipos de tarefas, técnicas, tecnologias e teorias presentes na praxeologia do ensino de Poliedros. Os resultados obtidos mostram que o trabalho dos autores do LD revela uma organização praxeológica usual completa de Poliedros, partindo da apresentação teórica dos conteúdos propostos. Os tipos de tarefas apresentados fundam-se na aplicação direta de técnicas apresentadas no bloco práxis. Destacamos que o LD se constitui como um dos recursos didáticos de excelência para as pesquisas em Educação Matemática, no sentido de que os pesquisadores e Professores podem conhecer melhor a organização matemática de um LD, a partir de uma análise praxeológica. <br>

This paper have to aims to analyze and present the possible results of the Polyhedra’s praxeology teaching, evidenced as geometric solid, proposed in a didactic book (LD) of mathematics from the Second year of High School. For this, we adopted as Institutional Analysis & Didactic Sequence methodology. As theoretical foundation, support the Anthropological Theory of Didactics, in its praxeological and ecological aspects, aiming to identify the different types of tasks, techniques, technologies and theories present in the Polyhedron’s praxeology. The results show that the work of the authors of the DB reveals a complete usual praxeological organization of Polyhedron, starting from the presentation’s theoretical of the proposed contents. The tasks’ types presented are based on the direct application of techniques presented in the praxis block. Emphasizing that DB is one of the didactic resources of excellence for research in Mathematics Education, in the sense that the Researchers and Teachers can know it better from a praxeological analysis.


Palavras-chave


Sólidos Geométricos. Organização praxeológica. Poliedros

Texto completo:

PDF

Referências


ALMOULOUD, S. A. Fundamentos da matemática/ Sadoo Ag Almouloud. – Curitiba: Ed. UFPR, 2007.

ALMOULOUD, S. A. Organizações praxeológicas sobre função exponencial: uma abordagem do livro didático. VII CIBEM. Montevideo, Uruguay. 2013a.

ALMOULOUD, S. A. Registros de Representação Semiótica e Compreensão de Conceitos Geométricos. IN: MACHADO, S. D. A. (org.). Aprendizagem em Matemática: registros de representação semiótica - Campinas, São Paulo. Papirus, 2013b.

BISPO, J.S. Estudo de Sólidos Geométricos e suas métricas utilizando o software Cabri 3D. Trabalho de Conclusão do Curso de Mestrado em Educação Matemática, UESC, 2014.

BRASIL. Orientações Curriculares para o Ensino Médio (volume 2): Ciências da natureza, Matemática e suas tecnologias. Secretaria de Educação Básica (Departamento de políticas de Ensino Médio) – Brasília: MEC, SEB, 2006.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio, Parte III – Ciências da Natureza, Matemática e suas tecnologias, Secretaria de Educação Média e Tecnológica – Brasília: MEC; SEMTEC, 2000.

CHEVALLARD, Y. Concepts fondamentaux de la didactique: perspectives apportées par une approche anthropologique. Recherches en Didactique des Mathématiques, V. 12, n°1, 1992. p. 73-112.

CHEVALLARD, Y. Conceitos Fundamentais da Didáctica: as perspectivas trazidas por uma abordagem antropológica. In: BRUN, J. (org). Didáctica das Matemáticas. Lisboa: PIAGET, 1996.

CHEVALLARD, Y. El análisis de las prácticas docentes en la teoría antropológica delo didáctico. Recherches en Didactique des Mathématiques, Vol 19, nº 2, pp.221-266, 1999.

CHEVALLARD, Y. Approche Anthropologique du Rapport au Savoir et Didactique des Mathematics. Recherches en Didactique des Mathématiques, V. 12, n°1, p.1-8, 2009.

HENRIQUES, A.; NAGAMINE, C. M. L.; NAGAMINE, A. Reflexões sobre a Análise Institucional: O caso de ensino e aprendizagem de integrais múltiplas. BOLEMA, Rio Claro (SP), v. 26, n. 44, dez. 2012.

HENRIQUES, A. Investigação de Práticas Institucionais do Licenciando nas Relações entre os Saberes Matemático das IES e das IEBA, XVII ENDIPE, Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino, Universidade Estadual do Ceará – UECE, 2014.

HENRIQUES, A. Análise Institucional e Sequência Didática: Aplicação de conteúdos de Licenciatura em Matemática na Educação Básica. XV Encontro Baiano de Educação Matemática - EBEM, Educação Matemática na Formação de Professores: um novo olhar. UNEB CAMPUS X – Teixeira de Freitas – BA, 3 a 5 de julho de 2013.

HENRIQUES, A. Análise Institucional & Sequência Didática como metodologia de pesquisa. In: Simpósio Latino-Americano de Didática da Matemática, I, 2016, Bonito. Anais... Mato Grosso do Sul, 2016.

HENRIQUES, A.; ALMOULOUD, S. A., Teoria dos Registros de Representação Semiótica em Pesquisas na Educação Matemática no Ensino Superior: Uma Análise de Superfícies e Funções de duas Variáveis com Intervenção do Software Maple, Revista Ciência & Educação, Bauru, v. 22, n. 2, p. 465-487, 2016.

IEZZI, G. et. al. Matemática: ciências e aplicação. Ensino Médio. v. 2. São Paulo: Saraiva, 2016.

MATHERON, Y. Analyser les praxéologies quelques exemples d’organisations. 2000. ed. IREM de Grenoble.

NASCIMENTO, J. B. S. O Estudo de Geometria Espacial por meio da Construção de Sólidos com materiais Alternativos. Dissertação de Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Exatas. Centro Universitário Univates. – Lajedo, 2013.

OLIVEIRA, J. B. A.; GUIMARÃES, S. D. P.; BOMÉNY, H. M. B. A Política do livro didático. 2 ed. São Paulo: Sammus, Campinas: Editora da Universidade de Campinas, 1984.

PARAIZO, R. F. Ensino de geometria espacial com utilização de vídeos e manipulação de materiais concretos - um estudo no ensino médio. 2012. 196 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Matemática) – Universidade Federal de Juiz de Fora, 2012.

POHL, Victoria. Visualizando o espaço tridimensional pela construção de poliedros. In: LINDQUIST, M. M.; SHULTE, A. P. (org.). Aprendendo e ensinando geometria. Tradução: DOMINGUES, H. H. São Paulo: Atual, 1994.

SANTOS, A. M. A. A Utilização de Materiais Concretos para o ensino de Geometria Plana e Espacial: um estudo de caso. Dissertação (Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional - PROFMAT) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Campus Juazeiro - BA, 2015.

VIDALETTI, V. B. B. Ensino e Aprendizagem da Geometria Espacial a partir da manipulação de Sólido. 2009. 109 f. Dissertação de Mestrado Profissionalizante no Ensino de Ciências Extas – Centro Universitário Univates. Lajego.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2018v20i3p26-50

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA