Registros em língua natural das superfícies quádricas: análise semiótica e possibilidades de uso de novos registros
Records in natural language of quadric surfaces: semiotic analysis and possibilities of using new records

Sérgio Florentino da Silva, Méricles Thadeu Moretti

Resumo


Levando em conta a teoria dos registros de representações semióticas de Raymond Duval, sobretudo em relação a abordagem de interpretação global de propriedades figurais, as funções discursivas da linguagem e a operação semiótica e cognitiva de conversão, neste trabalho, proporemos analisar os registros em língua natural das superfícies quádricas (não cilíndricas e não degeneradas) presentes em livros do Ensino Superior. Tais análises evidenciaram que esses registros pesquisados recorrem, mesmo que nem sempre de forma explícita, a variáveis visuais e a propriedades globais das figuras e que apresentam potencial para contemplar diversas funções discursivas, tais como, a apofântica que reflete a capacidade de designação de algo sob a forma de uma proposição matemática, a expansão discursiva que permite ligações entre proposições matemáticas de forma coerente além da operação de conversão. Ao adicionarmos a essa discussão o Princípio de Extensão de Bento de Jesus Caraça, indicaremos possibilidades do uso de novos registros para as cônicas.


Taking into consideration Raymond Duval's theory of the records of semiotic representations, especially in relation to the global interpretation approach of figurative properties, the discursive functions of language and the semiotic and cognitive operation of conversion, we propose to analyze the records in natural language of the quadric (non-cylindrical and non-degenerated) surfaces present in Higher Education books. Such analyzes have evidenced that these researched records recur, although not always explicitly, to visual variables and to the global properties of the figures and that present the potential to contemplate several discursive functions, such as the apophantic, which reflects the capacity to designate something under the form of a mathematical proposition, the discursive expansion that allows connections between mathematical propositions in a coherent way, in addition to the conversion operation. When we add to this discussion Bento de Jesus Caraça’s Principle of Extension, we indicate possibilities of using new records for the conics.

 


 


Palavras-chave


Superfícies Quádricas; Interpretação Global; Funções Discursivas da Linguagem.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTON, Howard. Cálculo: um novo horizonte. v. 2. 6. Ed. Porto Alegre: Bookman, 2002. 552 p. Tradução: Cyro de Carvalho Patarra; Márcia Tamanaha.

BRANDT, Célia Finck; MORETTI, Méricles Thadeu; BASSOI, Tânia Stella. Estudo das funções do discurso na resolução de problemas matemáticos. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v. 16, n. 2, p.479-503, 2014.

CARAÇA, B. J. Conceitos fundamentais da matemática. Lisboa: Bertrand, 1951.

CORRÊA, Madeline Odete Silva; MORETTI, Méricles Thadeu. Esboçando curvas de funções a partir de suas propriedades figurais: uma análise sob a perspectiva dos registros. In: BRANDT, Célia Finck; MORETTI, Méricles Thadeu. (Orgs). As contribuições da Teoria dos Registros de Representações Semióticas para o Ensino e a Aprendizagem na Educação Matemática. Ijuí: Ed. Unijuí, 2014.

DIONIZIO, Fátima Aparecida Queiroz; BRANDT, Célia Finck; MORETTI, Méricles Thadeu. Emprego das Funções Discursivas da Linguagem na Compreensão de Erros de Alunos em uma Atividade que Envolve Noções de Trigonometria. Perspectivas da Educação Matemática, UFMS, v. 7, p.513-553, 2014. Número temático. Disponí¬vel em: . Acesso em: 11 out. 2014.

DIONIZIO, Fátima Aparecida Queiroz; BRANDT, Célia Finck. Conhecimentos docentes: uma análise dos discursos de professores que ensinam matemática. In: BRANDT, Célia Finck; MORETTI, Méricles Thadeu. (Orgs). As contribuições da Teoria dos Registros de Representações Semióticas para o Ensino e a Aprendizagem na Educação Matemática. Ijuí: Ed. Unijuí, 2014.

DUVAL, Raymond. Registros de representações semióticos e funcionamento cognitivo da compreensão em matemática. P. 11- 33. In: Machado, Silvia D. A. (Orgs). Aprendizagem em matemática: registros de representação semiótica. Campinas: Papirus. 2003.

______. Semiosis y pensamiento humano: registros semióticos y aprendizajes intelectuales. Santiago de Cali: Universidad del Valle, Instituto de Educación y Pedagogía, Grupo de Educación Matemática, 2004. 328 p. Tradução de: Myriam Vega Restrepo.

______. Semiósis e pensamento humano: registros semióticos e aprendizagens intelectuais (fascículo I). São Paulo: Livraria da Física, 2009. 120 p. (Coleção contextos da ciência). Tradução de: Lênio Fernandes Levy; Marisa Rosâni Abreu da Silveira.

______. Gráficos e equações: a articulação de dois registros. REVEMAT, Florianópolis, v.6, n.2, p.91-112, 2011a. Tradução Méricles Thadeu Moretti. Disponível em: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/revemat. Acesso em: 20 ago. 2013.

______. Ver e ensinar a matemática de outra forma: entrar no modo matemático de pensar: os registros de representações semióticas. São Paulo: PROEM, 2011b. 160 p. Tradução: Marlene Alves Dias.

LEHMANN, Charles H.. Geometria analítica. 8. ed. 1. imp. São Paulo: Globo, 2007. Tradução de: Ruy Pinto da Silva Sieczkowski.

LEITHOLD, Louis. O cálculo com geometria analítica. 3. ed. São Paulo: Harbra, 1994. Tradução de: Cyro de Carvalho Patarra. Revisão técnica de: Wilson Castro Ferreira Júnior e Sílvia Pregnolatto.

STEWART, James. Cálculo. v. 2. 2. ed. 5 imp. São Paulo: Cengage Learning, 2010. 541 p. Tradução: Antonio Carlos Moretti; Antonio Carlos Gilli Martins. Revisão técnica: Helena Maria Ávila de Castro.

WINTERLE, Paulo. Vetores e geometria analítica. São Paulo: Pearson Makron Books, 2000. 232 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.23925/1983-3156.2018v20i1p294-314

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM