Resignificando o Teorema de Pitágoras com o uso do GeoGebra: uma articulação entre a história da matemática e o uso dos recursos computacionais

Maria Deusa Ferreira Silva

Resumo


Este artigo integra as atividades que vem sendo desenvolvidas no Grupo de Pesquisa e Extensão em Recursos Computacionais no Ensino de Matemática – GPERCEM -UESB, neste grupo também agrega o recém criado Instituto GeoGebra da UESB. Assim, neste artigo, fazemos uma retomada de algumas demonstrações do teorema de Pitágoras usando as ferramentas tecnológicas, no caso o software GeoGebra – uma ferramenta para construção geométrica e algébrica que pode ser bastante útil no ensino e aprendizagem de conceitos matemáticos, sobretudo, por sua facilidade de uso e possibilidade de promover mudança sobre um objeto já construído. Ainda utilizamos elementos da história da matemática mostrando que é possível fazer uso das novas tecnologias e da história da matemática, enriquecendo e promovendo o aprendizado a partir de suas raízes históricas, sem abrir maos das novas tecnologias. Desse modo, escolhemos o teorema de Pitágoras por sua importância histórica para o desenvolvimento da matemática e por ser tão útil no ensino básico, não raro aparecendo em muitos conceitos matemáticos. Ainda, a escolha pelo teorema de Pítágoras se deu por sua beleza e simplicidade de construção e pelas inúmeras possibilidades de demonstração que com o uso de ferramentas tecnológicas, por exemplo, o GeoGebra tomam uma nova dinâmica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista do Instituto Geogebra Internacional de São Paulo está indexada nas seguintes bases:

             

 

        

   

Revista do Instituto GeoGebra internacional de São Paulo (IGISP) E- ISSN 2237-9657  (versão eletrônica)

Qualis/Capes: Qualis A3 na avaliação de Qualis/Capes (2017/2018)

Licença que permite que outros compartilhem o trabalho com um reconhecimento da autoria do mesmo e publicação inicial nessa revista GeoGebra.

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.