GeoGebra e a família dos números metálicos

Sônia Cristina da Cruz Mendes, Estela Kaufman Fainguelernt, Chang Kuo Rodrigues

Resumo


Este trabalho é parte integrante de uma investigação voltada para o processo de ensino e de aprendizagem em Geometria e teve como ponto de partida iniciar a familiarização dos estudantes com os números irracionais. À luz da Teoria Antropológica do Didático de Chevallard (1999), buscamos familiarizar os estudantes ao conhecimento dos números irracionais, utilizando o número de ouro. Diante disso, as investigações levaram-nos à família dos números metálicos (ouro, prata, bronze etc), que nos permitiram criar uma atividade com o objetivo de estudar e localizar as raízes irracionais de equações quadráticas, além de observar as relações estabelecidas entre os gráficos das funções quadráticas atrelados e seus coeficientes, utilizando o software GeoGebra. Este artigo conta a trajetória percorrida para chegarmos à referida atividade e ao seu desenvolvimento.

Abstract
This paper is part of a research-oriented teaching and learning in geometry and had as a starting point to start to familiarize students to the irrational numbers. In light of the Anthropological Theory of Didactics of Chevallard (1999), we seek to familiarize students to the knowledge of irrational numbers, used the number of gold. Thus, the investigations led us to the family of numbers made of metal (gold, silver, bronze etc), which allowed us to create an activity with the aim to study and find the irrational roots of quadratic equations, and to observe the established relations between graphs of quadratic functions and their coefficients linked using the software GeoGebra. This article tells the trajectory to get to that activity and its development.

Keywords: family of metal numbers, quadratic equations, quadratic functions.

Palavras-chave


família dos números metálicos; equações quadráticas; funções quadráticas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista do Instituto Geogebra Internacional de São Paulo está indexada nas seguintes bases:

             

 

        

   

Revista do Instituto GeoGebra internacional de São Paulo (IGISP) E- ISSN 2237-9657  (versão eletrônica)

Qualis/Capes: Qualis A3 na avaliação de Qualis/Capes (2017/2018)

Licença que permite que outros compartilhem o trabalho com um reconhecimento da autoria do mesmo e publicação inicial nessa revista GeoGebra.

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.