Refletindo sobre o papel do software GeoGebra na produção de conhecimentos matemáticos construídos por um coletivo pensante formado por humanos e mídias

Daise Lago Pereira Souto

Resumo


O objetivo deste artigo é fomentar algumas reflexões sobre o papel do software GeoGebra na produção do conhecimento matemático a partir do olhar e do fazer dos professores em um curso de formação continuada realizado totalmente a distância. Pautadas em uma perspectiva qualitativa as análises estão sustentadas em uma visão epistemológica que enfatiza que a produção do conhecimento se dá através da interação entre atores humanos e não humanos. As análises dos dados revelaram que o processo de busca por justificativas formais do ponto de vista matemático foi marcado pela procura de padrões e conjecturas, os quais foram moldados pela interações e interatividades entre os diversos atores, ou seja, o processo foi mediado pelos feedbacks dados pelo software.

Abstract

The aim of this paper is to develop some reflections about the role of the software GeoGebra in the production of mathematical knowledge from the view and making of the teachers in a course of continuing education conducted entirely online. Based in a qualitative perspective the analysis are held on an epistemological view which emphasizes that the production of knowledge is achieved through the interaction between human and non human actors. It revealed that the process of searching for formal justification from the mathematical point of view was marked by the searching of  patterns and conjectures, which were shaped by the interactions and interactivities between the various actors, in other words, the process was mediated by the feedback given by the software.

Keywords: Online Distance Education; Mathematics Education; Continuing Education of Teachers


Palavras-chave


Educação a Distância Online; Educação Matemática; Formação continuada de professores

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista do Instituto Geogebra Internacional de São Paulo está indexada nas seguintes bases:

             

 

        

   

Revista do Instituto GeoGebra internacional de São Paulo (IGISP) E- ISSN 2237-9657  (versão eletrônica)

Qualis/Capes: Qualis A3 na avaliação de Qualis/Capes (2017/2018)

Licença que permite que outros compartilhem o trabalho com um reconhecimento da autoria do mesmo e publicação inicial nessa revista GeoGebra.

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.