OS IMPACTOS DOS FEMINISMOS E DOS ESTUDOS DE GÊNERO NO CURRÍCULO EDUCACIONAL

Fabiane Freire França, Delton Aparecido Felipe

Resumo


A professora Margareth Rago, pós-doutora e livre docente da Universidade Estadual de Campinas, é professora titular do Departamento de História desde 1985. Foi professora visitante da Universidade de Colúmbia em Nova York, entre 2010 e 2011, e do Connecticut College nos Estados Unidos, entre 1995 e 1996. Ministrou aulas na Universidade de Paris 7 em 2003. Fez parte do Coletivo responsável pela publicação da revista "Libertárias", entre 1998 e 2000 e é uma das coordenadoras da revista digital feminista internacional LABRYS. A professora tem estudos e pesquisas sobre feminismo, subjetividade, gênero, Foucault e anarquismo, dentre outras temáticas. Atualmente é assessora científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, da CAPES e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e participa do Centro de Cultura Social de São Paulo. Nessa entrevista, a professora dialoga sobre polêmicas atuais no campo das Teorias Feministas e dos Estudos de Gênero e seus impactos nos currículos educacionais.


Palavras-chave


Teorias Feministas. Estudos de Gênero. Currículo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.23925/1809-3876.2017v15i2p550-562

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

  • Nacionais

CNEN LivRe         Periódicos CAPES

  •  Internacionais

Latindex        Dialnet      DOAJ      Google Acadêmico       REDALyC

SJLibrary.org            UNC University Libraries             WorldCat