MEDIAÇÃO DOCENTE E DISTÂNCIA TRANSACIONAL: USO DO FACEBOOK NUM MESTRADO EM REGIME MISTO (B-LEARNING)

Lia Raquel Oliveira

Resumo


O Ensino a Distância (EAD) continua a ser uma modalidade alternativa ao ensino presencial e nele persiste o problema da Distância Transacional. Não sendo esta distância apanágio do EAD, ela constitui um problema concreto, porém passível de minimização/resolução. O professor pode exercer uma mediação pedagógica caracterizada por um comportamento de suscitador, facilitador e orientador da aprendizagem. Para tal pode servir-se do Facebook para interagir com os estudantes, criando um ambiente de familiaridade e informalidade. Apresenta-se aqui um caso de lecionação num curso de mestrado académico em Educação que funciona em regime b-learning e no qual foi usado o Facebook, para além da plataforma institucional, como fórum de discussão e espaço de partilha de trabalhos e sensibilidades. Para recolha de dados foram usadas as técnicas da observação e análise de documentos. O curso desenrolou-se num ambiente de investigação-ação crítica no qual o professor investigou as suas práticas com a colaboração dos estudantes. Conclui-se que uma mediação plástica exercida pelo professor, servindo-se do sistema de rede social Facebook para criar um ambiente de familiaridade e informalidade, pode contribuir para superar a distância transacional no ensino superior online.


Palavras-chave


EAD. Ensino Superior Online. Distância Transacional. Novas Literacias. Facebook e Educação.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais