FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DO PEDAGOGO A PARTIR DA LEI N. 9.394/96: QUESTÕES VELHAS E NOVAS

Valdeniza Maria Lopes da Barra

Resumo


Da configuração do curso de Pedagogia assumida pela LDB n. 9394/96 destaca-se aqui, o fato de que a formação de profissionais para atuação nos anos iniciais da escolarização (o que compreende Educação Infantil, Anos Iniciais do EF (06 a 10-11 anos) e EJA 1ª. fase do Ensino Fundamental) passa a ser realizada no âmbito da universidade. As implicações resultantes da elevação da formação do professor primário para o âmbito do ensino superior, se dão a ver no recrudescimento dos sentidos postos pela histórica problemática dada, na atual conjuntura, pela oposição entre o pressuposto da docência como base da formação nas licenciaturas versus a herança bacharelesca. Busca-se interlocução com estudos que tanto se dedicam a pensar a pedagogia no âmbito da sua nova configuração, como refletem aspectos decorrentes da mesma. Por fim, o estudo se propõe a tecer algumas considerações a respeito de dados de pesquisa interessada na formação e atuação do pedagogo, com realce sobre a perspectiva do estágio curricular obrigatório. Indica um possível hiato entre o pressuposto da docência como base identitária da formação do professor - lógica que preside o curso de Pedagogia, em face do trabalho que se realiza no estágio.


Palavras-chave


Pedagogia; Anos iniciais da escolarização; Formação e atuação docente; Estágio curricular obrigatório.

Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, Hanna. Reflexões sobre Little Rock. In: ARENDT, Hanna. Responsabilidade e julgamento. São Paulo: Companhia das Letras, 2004. p. 261–281.

AZANHA, José Mario Pires. Cultura escolar brasileira: um programa de pesquisas. Revista USP. São Paulo, Dezembro, Janeiro, Fevereiro/1990, 1991. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/52136. Acesso em: 03 abr. 2019.

BARRA, Valdeniza Maria Lopes da. Ponderações sobre o objeto de ação do pedagogo no âmbito da formação inicial: questões para o projeto vigente de estágio curricular obrigatório (Pedagogia FE/UFG). Goiânia. FE/UFG, 2016.

BRASIL, MEC/SEB. Referenciais de Formação de Professores. Brasília: 2002. BRASIL, MEC. Curso de especialização em Coordenação Pedagógica. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/component/tags/tag/34352. Acesso em: 10 ago. 2018.

GATTI, Bernardete Angelina. Formação de professores no Brasil: características e problemas. Educação e Sociedade. Campinas, v. 31, n. 113, p. 1355-1379, out.-dez. 2010 Disponível em http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em: 14 abr. 2019.

GATTI, Bernardete Angelina. Bernardete Gatti: "Nossas faculdades não sabem formar professores". 2017. Disponível em: https://epoca.globo.com/educacao/noticia/2016/11/bernardete-gatti-nossas-faculdades-nao- sabem-formar-professores.html. Acesso em: 22 maio 2018.

GATTI, Bernardete Angelina; NUNES, Marina Muniz Rossa (Orgs.). Formação de professores para o ensino fundamental: um estudo dos currículos das licenciaturas em Pedagogia, Língua Portuguesa, Matemática e Ciências Biológicas. São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 2009.

GERMANO, José Willington. Estado militar e educação no Brasil (1964-1985). São Paulo: Cortez, 2000.

INFORSATO, Edson do Carmo. O bacharelismo e a crise permanente da formação de professores. RPGE– Revista online de Política e Gestão Educacional, v.20, n.03, p.432-443, 2016. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/9754/0. Acesso

em: 23 maio 2019.

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos, para quê? São Paulo: Cortez, 2008.

MARCÍLIO, Maria Luiza. História da escola em São Paulo e no Brasil. São Paulo: Instituto Braudel/Imprensa Oficial, 2014.

SAVIANI, Dermeval. Formação de professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro. Revista Brasileira de Educação, v. 14, n. 40. Rio de Janeiro, 2009.

Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbedu/v14n40/v14n40a12.pdf. Acesso em: 15 jun. 2019.

SCHEIBE, Leda. Diretrizes curriculares para o curso de Pedagogia: trajetória longa e inconclusa. Cadernos de Pesquisa, v. 37, n. 130, jan./abr. 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100- 15742007000100004&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 22 maio 2019.

SILVA, Ana Maria Costa e. A formação contínua de professores: Uma reflexão sobre as práticas e as práticas de reflexão em formação. Educação e Sociedade, ano XXI, n o 72, Agosto/00. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/es/v21n72/4195.pdf. Acesso em: 14 maio 2018.

SOUZA, Ângelo Ricardo de & TEIXEIRA, Maria Aparecida Pereira. O programa Escola de gestores: análise da experiência no estado do Paraná. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/pdf/programa_escola_gestores.pdf.

Acesso em: 11 ago. 2018.




DOI: https://doi.org/10.23925/1809-3876.2020v18i2p911-929

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais