(DES)CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA DA EXTENSÃO NA UNIVERSIDADE: POSSIBILIDADES E LIMITES EM TEMPOS DE TECNOLOGIAS MÓVEIS

Eliana Nardelli de Camargo, Patrícia Rodrigues Carvalho dos Reis

Resumo


Esse artigo tem como objetivo examinar as produções de um grupo de professores, participantes do curso de extensão Práticas Docentes no Ensino Fundamental, ao elaborarem atividades empregando recursos tecnológicos digitais, em suas aulas. Esse curso está vinculado ao Programa de Mestrado Profissional Práticas Docentes no Ensino Fundamental, oferecido pela Universidade Metropolitana de Santos – UNIMES. A metodologia adotada foi a pesquisa-ação, por meio da qual buscou-se apresentar qualitativamente a efetividade do uso de dispositivos móveis conectados à internet como potencializadores dos processos de ensino e aprendizagem. Estudos como o de Cruz (2018a, 2018b); Chizzotti (2000); Silva (2016); Zabala (2010); Moreira (2012); Freire (1996); Reis (2017), Gomes (2005); Almeida (2006); Lévy (2007) e Schön (1992) fundamentaram a escolha das ferramentas digitais bem como das práticas propostas. Esse estudo permitiu compreender, por meio dos resultados obtidos que o que se colhe nos cursos de extensão pode tornar-se objeto de pesquisa para aperfeiçoar o ensino oferecido, consolidando-se um princípio legal de indissociabilidade.


Palavras-chave


Formação de professores; TDIC; Práticas docentes; Ensino Fundamental.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. Tecnologias na educação, formação de educadores e recursividade entre teoria e prática: trajetória do programa de pós-graduação em educação e currículo. E-Curriculum, São Paulo, v. 1, n.1, dez. - jul. 2005-2006. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/article/viewFile/3165/2095. Acesso em: 10 jan. 2019.

ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de; VALENTE, José Armando. Integração currículo e tecnologias e a produção de narrativas digitais. Campinas, SP. Currículo sem Fronteiras, v. 12, n. 3, set/dez 2012, p. 57-82. Disponível em: http://www.curriculosemfronteiras.org/vol12iss3articles/almeida-valente.pdf. Acesso em: 12 jan. 2019.

BARANAUSKAS, Maria Cecília Calani; VALENTE, José Armando. Editorial. Tecnologias, Sociedade e Conhecimento. NIED, UNICAMP, 2018. Vol. 5 n. 1. Disponível em: http://www.nied.unicamp.br/ojs/index.php/tsc/issue/current. Acesso em: 26 jan. 2019.

CHIZZOTTI, Antônio. Pesquisa em ciências humanas e sociais. 4.ed. São Paulo, Cortez, 2000.

CRUZ, Elisabete. Representações de alunos sobre a integração curricular das TIC no ensino básico. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 44, e157951, 2018a. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ep/v44/1517-9702-ep-S1678-4634201707157951.pdf. Acesso em: 13 jan. 2019.

CRUZ, Jucélia. As Tecnologias de Informação e Comunicação como Fator Motivacional no Ensino Fundamental. Orientadora: Elisabeth dos Santos Tavares. 2018. 100 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Práticas Docentes no Ensino Fundamental) - Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES), São Paulo, 2018b.

D’AMBROSIO, Ubiratan. Etnomatemática: elo entre as tradições e a modernidade. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 25 ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GOMES, Maria João. Blogs: um recurso e uma estratégia pedagógica. Actas. SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE INFORMÁTICA EDUCATIVA, 7, Leiria, 2005. Escola Superior de Educação de Leiria, 2005. Disponível em: https://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/4499/1/Blogs-final.pdf. Acesso em: 15 jan. 2019.

KENSKI, Vani Moreira. Novos processos de interação e comunicação no ensino mediado pelas tecnologias. São Paulo: Pró-Reitoria de Graduação - Universidade de São Paulo, 2008. Disponível em http://www.prpg.usp.br/attachments/article/640/Caderno_7_PAE.pdf. Acesso em: 18 jan. 2019.

LÉVY, Pierre. A inteligência possível do século XXI. FAMECOS: mídia tecnologia e cultura. Porto Alegre. v. 14, nº 33, p.13, ago. 2007, 13 - 20. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/3429/3925. Acesso em 18 jan. 2019.

MELO, Ramásio Ferreira de; MALLMANN, Elena Maria. Aprendizagem colaborativa mediada pelo Moodle como apoio ao ensino de Licenciatura em Computação. EDaPEC: Educação a Distância e Práticas Educativas Comunicacionais e Interculturais. São Cristóvão (SE) v.15. n. 3, set./dez. 2015, p. 517-532. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/edapeci/article/view/3718 . Acesso em: 16 jan. 2019.

MORAN, José Manuel; MASETTO, Marcos Tarciso; BERHNES, Marilda Aparecida. Novas tecnologias e mediação pedagógica. São Paulo: Papirus, 2000.

MOREIRA, Marco Antônio. ¿Al afinal, qué es aprendizaje siginificativo? Qurriculum : revista de teoría, investigación y práctica educativa. La Laguna, Espanha, 2012. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/96956. Acesso em: 16 jan. 2019.

REIS, Patrícia Rodrigues Carvalho dos. Formação de Professores – TPACK e a Relevância das TIC no Processo de Ensino e Aprendizagem no Ensino Fundamental. Orientadora: Elisabeth dos Santos Tavares. 2017. 173 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Práticas Docentes no Ensino Fundamental) - Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES), São Paulo, 2017. Disponível em: https://portal.unimes.br//mestrado-praticas-docentes-no-ensino-fundamental/arquivos/defesas/patricia-rodrigues.pdf. Acesso em: 18 jan. 2019.

SCHÖN, Donald Alan. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA,

António (Coord.). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992. p.79-91.

SILVA, Tiago da Mota e. Tablet, o Brinquedo: um estudo da apropriação lúdica da tecnologia por crianças do primeiro ano do Ensino Fundamental. Orientador: Norval Baitello Júnior. 2016. 172 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Semiótica) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo, 2016. Disponível em: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19079. Acesso em: 04 jan. 2019.

ZABALA, Antoni. A Prática Educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.

ZABALA, Antoni; ARNAU, Laia. Como aprender e ensinar competências. Porto Alegre: Artmed, 2010.




DOI: https://doi.org/10.23925/1809-3876.2020v18i3p1425-1446

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais