ESTILOS DE USO DO ESPAÇO VIRTUAL E REDES DIGITAIS DE APRENDIZAGENS: COAPRENDIZAGEM E INOVAÇÃO CURRICULAR NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Maria do Rozario Gomes da Mota Silva, Cláudia Simone Almeida de Oliveira, Sérgio Paulino Abranches

Resumo


O presente estudo discute os Estilos de Uso do Espaço Virtual - EUEV, suas implicações nas formas de aprender em redes digitais de aprendizagem e sua contribuição para o desenvolvimento da Coaprendizagem como possibilidade para a inovação curricular na Educação Básica. Assim, o principal objetivo é analisar como os EUEV se expressam nas redes, em relação às novas formas de aprender, e como estes estilos contribuem para o desenvolvimento das competências digitais para a Coaprendizagem e suas implicações para a inovação curricular na Educação Básica. A partir dos estudos de Oblinger (2006); Alonso, Gallego e Honey (2002); Barros, (2011, 2014); Okada (2011, 2012, 2014) Degrandis e Marques (2018); Almeida (2011, 2017); Cruz (2016), Deleuze e Guattari (1995); Valente (2003, 2011); Paraiso (2010), aprofundamos a compreensão sobre redes de aprendizagem como espaços para novas aprendizagens e formas de aprender; como os Estilos de Aprendizagem – EA e os EUEV podem colaborar na compreensão do processo de ensino e aprendizagem na perspectiva da Coaprendizagem e suas implicações na perspectiva de um currículo mais aberto e inovador para a Educação Básica. O estudo nos proporcionou a compreensão de que a Educação Básica precisa estar atenta e aberta às novas descobertas e aos conhecimentos que envolvam os novos cenários de aprendizagem, as novas formas de aprender em rede e os Estilos de Aprendizagem e Estilos de Uso do Espaço Virtual dos estudantes, como elementos essenciais no desenvolvimento das competências digitais para coaprender e cocriar em rede.


Palavras-chave


Estilos de uso do espaço virtual; Redes digitais de aprendizagem; Coaprendizagem; Inovação Curricular.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. Bases teóricas da rede de pesquisa e colaboração Universidade Escola. In: ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini et al. Rede de pesquisa colaborativa universidade escola. Recife: Editora: UFPE, 2017. p. 13-31.

ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de; SILVA, Maria da Graça Moreira da. Currículo, tecnologia e cultura digital: espaços e tempos de webcurrículo. Revista e-curriculum, São Paulo, v. 7, n. 1 Abril/2011. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum. Acesso em: 18 mar. 2020

ALONSO, Catalina Maria; GALLEGO, Domingos José; HONEY, Peter. Los estilos de aprendizaje: procedimientos de diagnóstico y mejora. Bilbao: Mensajero, 2002.

BARROS, Daniela Melaré Vieira. Estilos de aprendizaje y medios didácticos en contextos virtuales. Orientadora: Catalina María Alonso García. 2011.400 f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação, Universidade Nacional de Educação a Distância, Madri, 2011.

BARROS, Daniela Melaré Vieira. Estilos de Coaprendizagem e alguns indicadores das competências digitais. Educación, Lisboa, Portugal, Vol. XXIII, N° 45, pp. 91-105, septiembre 2014.

BEDIN, Everton. Aprendizagem Colaborativa, Troca de Saberes e Redes Sociais: tríade na Educação Básica. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, Curitiba, v. 10, n. 2, 2017. Disponível em: https://revistas.utfpr.edu.br/rbect/article/view/3922. Acesso em: 16 mar. 2020.

CRUZ, Wermes Dias Damascena. Narrativas Digitais e construção do conhecimento. Orientadora: Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida. 2016. 148 f. Dissertação (Mestrado em Educação: Currículo) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.

DEGRANDIS, Fernando; MARQUES, Cíntia Bueno. Inovação curricular: um desafio possível. Educação Por Escrito, Porto Alegre, v. 9, n. 1, p. 118-133, jan.-jun. 2018.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia, vol. 1. São Paulo: Ed. 34, 1995.

GALLO, Sílvio. Deleuze & a Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

MARTINO, Luís Mauro Sá. Teoria das mídias digitais: linguagens, ambientes, redes. 2. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015.

MASETTO, Marcos Tarcísio. Mediação pedagógica e o uso da tecnologia. In: MORAN, José Manuel; MASETTO, Marcos Tarcísio; BEHRENS, Marilda Aparecida. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas, SP: Papirus, 2000. p. 133-173.

OBLINGER, Diana. Space as a Change Agent. In: OBLINGER, Diana (Org.). Learning Space. EDUCAUSE, 2006. Disponível em: https://www.educause.edu/ir/library/pdf/pub7101l.pdf. Acesso em: 25 mar. 2020.

OKADA, Alexandra. Colearn 2.0 – coaprendizagem via comunidades abertas de pesquisa, práticas e recursos educacionais. Revista e-Curriculum, [S.l.], v. 7, n. 1, abr. 2011. ISSN 1809-3876. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/curriculum/article/view/5813. Acesso em: 12 mar. 2020.

OKADA, Alexandra. Engaging Learning Communities in Producing, Adapting, Sharing and Disseminating Open Educational Resources. 19th International Conference on Learning. The International Journal of Learning, 2012.

OKADA, Alexandra. Competências-chave para coaprendizagem na era digital: fundamentos, métodos e aplicações. 2. ed. Santo Tirso: White Books, 2014.

OLIVEIRA, Cláudia Simone Almeida de. Redes de aprendizagem no contexto das tecnologias digitais: aprender e compartilhar na multiplicidade de saberes de um espaço rizomático. Orientador: Sérgio Paulino Abranches. 2018. 380 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática e Tecnológica) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2018.

OOI, Keng-Boon; HEW, Jun-Jie; LEE, Voon-Hsien. Could the mobile and social perspectives of mobile social learning platforms motivate learners to learn continuously?. Computers & Education. Estados Unidos, v. 120, p. 127-145, 2018.

PARAISO, Marlucy Alves. Diferença no currículo. Cad. Pesquisa, São Paulo, v. 40, n. 140, p. 587-604, Aug. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742010000200014&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 15 mar. 2020.

PRENSKY, M. Digital natives, digital immigrants. On the Horizon, v. 9, n. 5, out. 2001. Disponível em: http://www.marcprensky.com/writing/Prensky%20%20Digital%20Natives,%20Digital%20Immigrants%20-%20Part1.pdfhttp://www.marcprensky.com/writing/Prensky%20%20Digital%20Natives,%20Digital%20Immigrants%20-%20Part1.pdf. Acesso em: 20 mar. 2020.

SANTOS, Edméa Oliveira dos. Novas práticas curriculares na educação a distância. Comunicação & Educação, São Paulo, v. 26, p. 35 a 42, jan./abr. 2003.

SILVA, Maria do Rozario Gomes da Mota. Redes digitais e estilos de uso do espaço virtual: atuações e inovações nas formas de aprender. Orientador: Sérgio Paulino Abranches. 2020. 134 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática e Tecnológica) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2020.

SILVA, Maria do Rozário Gomes da Mota; OLIVEIRA, Cláudia Simone Almeida de. Participação de estudantes em uma rede de pesquisa colaborativa Universidade escola: Interação e colaboração na produção do conhecimento. In: ALMEIDA, Maria Elizabeth Biancocini; ABRANCHES, Sérgio Paulino; LEMOS, Silvana; MUÑOZ, Cleide (Orgs.). Rede de pesquisa colaborativa Universidade Escola. Recife: Editora da Universidade Federal de Pernambuco, 2017. p. 129-141.

SILVA, Maria do Rozario Gomes da Mota; OLIVEIRA, Cláudia Simone Almeida de; ABRANCHES, Sérgio Paulino. Estilos de uso do espaço virtual e redes digitais de aprendizagens: interatividade, colaboração e inovação curricular. In: VI Seminário Webcurrículo. Anais. São Paulo, 2019.

TERÇARIOL, Adriana Aparecida de Lima; BARROS, Daniela Melaré Vieira. Os Estilos de Uso dos Espaços Virtuais e as Redes Sociais na Pedagogia: Um Estudo Exploratório. Journal of Learning Styles, v. 10, n. 20, p. 321-356. ISSN: 2232-8533. 2017. Disponível em: http://revistaestilosdeaprendizaje.com/article/view/1067. Acesso em: 22 mar. 2020.

VALENTE, José Armando (Org.). Formação de educadores para o uso da Informática na escola. Campinas, SP: UNICAMP-NIED, 2003.

VALENTE, José Armando. Educador quer redes sociais no currículo escolar. 2011. Disponível em: http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/educador+quer+redes+ sociais+no+curricul o+escolar/n1238187320827.html. Acesso em: 16 mar. 2020.

WANG, Jian. Application of Blending Learning Based on Network: Learning Space in Teaching Design of Digital Art. Revista Internacional de Tecnologias Emergentes na Aprendizagem (iJET), [Sl], v. 14, n. 03, p. pp. 177-189, fev. 2019. ISSN 1863-0383. Disponível em: https://online-journals.org/index.php/i-jet/article/view/10107. Acesso em: 15 mar. 2020.

WHITE, David; LE CORNU, Alisson. Visitors and Residents: A new typology for online engagement. First Monday, v. 16, n. 9, 5 set 2011. Disponível em: http://firstmonday.org/ojs/index.php/fm/article/view/3171/3049. Acesso em: 10 mar. 2020.




DOI: https://doi.org/10.23925/1809-3876.2020v18i3p1487-1508

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais