O ensino de matemática na educação infantil: uma proposta de trabalho com jogos
The teaching of mathematics in young children´s education: working with games

Silvia Pereira Gonzaga de Moraes, Luciana Figueiredo Lacanallo Arrais, Paula Tamyres Moya, Lucineia Maria Lazaretti

Resumo


O objetivo desse artigo constitui-se em investigar princípios para a organização do ensino na Educação Infantil, em especial o de matemática. Para isso, sistematizamos uma proposta de trabalho com ênfase no processo de ensino e aprendizagem dos conceitos matemáticos, por meio de jogos, compreendendo o desenvolvimento do jogo no período pré-escolar de acordo com os pressupostos da Teoria Histórico-Cultural. Considerando esses pressupostos teórico-metodológicos, desenvolvemos as ações teórico-práticas na elaboração do jogo intitulado “Desafio dos ovos”, com o intuito de articular os princípios da organização do ensino com os da Teoria Histórico-Cultural e da Atividade Orientadora de Ensino.

 

The principles implied in the organization of teaching in Infant Education, especially Mathematics, are investigated. For this, a working proposal underscoring the teaching and learning processes of Math concepts is systematized from the above idea, or rather, games may be developed at kindergarten’s level foregrounded on the Historical and Cultural Theory. Based on the theoretical-methodological presuppositions, some theoretical and practical activities are developed for the game called ‘The Challenge of the Eggs’, to fit the principles of the teaching organization with those of the Historical and Cultural Theory and the Teaching Guiding Activity.


Palavras-chave


Educação Infantil; Organização do Ensino; Matemática; Jogos.

Texto completo:

PDF

Referências


DAVÝDOV, V. V. (1988). La ensenanza escolar y eldesarrollo psíquico:investigación psicológica teórica y experimental. Moscou: Editorial Progresso.

ELKONIN, D. B. (1998). Psicologia do jogo. São Paulo: Martins Fontes.

______. Desarrollo psíquico del niño desde el nacimiento hasta el ingreso en la escuela. In: SMIRNOV, A. A.; LEONTIEV, A. N.; RUBINSHTEIN, S. L.; TIEPLOV, B. M. (Org.). Psicología. México: Grijalbo, 1969. p. 504-523.

LEONTIEV, A. N. (2006). Os princípios psicológicos da brincadeira Pré-escolar. In: VIGOTSKII, L. S. et al. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone Editora. p. 119-142.

LEONTIEV, A. N. (1978). O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Livros Horizonte.

LIMA, L.; LANNER DE MOURA, A. R. (2011). O encontro efetivo pedagógico do ensinar matemática. Campinas: CTEAC. Apostila adaptada do trabalho de formação de Professores.

MORAES, S. P. G. (2008). Avaliação do Processo de Ensino e Aprendizagem em Matemática: contribuições da Teoria Histórico-Cultural. Bolema, Rio Claro, ano 22, n. 33, p. 97-116, jul.

MORAES, S. P. G de et al. (2012). Pressupostos teórico-metodológicos para formação docente na perspectiva da teoria histórico-cultural. Revista Eletrônica de Educação, São Carlos: UFSCar, v. 6, n. 2, p.138-155, nov. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/viewFile/352/194 . Acesso em: 15 de maio de 2016.

MOURA, M. O. (2007). Matemática na infância. In: MIGUEIS, M. R.; AZEVEDO, M. G. (Org.). Educação Matemática na infância: abordagens e desafios. Serzedo – Vila Nova de Gaia: Gailivro, p. 39-64.

______; LANNER DE MOURA, A. R. (1997). Matemática na educação Infantil: conhecer, (re)criar - um modo de lidar com as dimensões do mundo. Escola: um espaço cultural São Paulo: Diadema/Secel. p. 1-25.

NASCIMENTO, C. P.; ARAÚJO, E. S.; MIGUÉIS, M. R. (2009). O jogo como atividade: contribuições da teoria histórico-cultural. Revista Semestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE), São Paulo, v. 13, n. 2, p. 293-302, jul./dez.

RANGEL, D. (2004). Um amor de confusão. São Paulo: Moderna.

ROSA, J. E. (2012). Proposições de Davydov para o ensino de matemática no primeiro ano escolar: inter-relações dos sistemas de significações numéricas. Tese de doutorado em Educação Matemática, Universidade Federal do Paraná.

TALIZINA, N. F. (2001). La formacíon de las habilidades del pensamiento matemático. Mexico: Editorial Universitaria Potosina.

VIGOTSKI, L.S. (2001). Obras escogidas II. 2. ed. Madrid: Centro de Publicaciones Del M.E.C. y Visor Distribuiciones.

______ . (2008). A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes.

VIGOTSKI, L. S. (2009). Imaginação e criação na infância: ensaio psicológico. São Paulo: Ática.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2017v19i1p353-377

Direitos autorais 2017 Educação Matemática Pesquisa. Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática. ISSN 1983-3156



INDEXADORES DA REVISTA
     
             Anti-Plágio