Um cenário das pesquisas envolvendo Resolução de Problemas em edições do CIEM
A scenario of research involving Problem Solving in issues of CIEM

Cidimar Andreatta, Norma Suely Gomes Allevato

Resumo


O presente artigo apresenta um mapeamento das pesquisas envolvendo a temática Resolução de Problemas apresentadas no Congresso Internacional de Ensino de Matemática - CIEM, nas edições de 2013 e 2017. Este estudo teve como fonte de coleta de dados os anais dos referidos Congressos, disponibilizados nos sites dos eventos. Procurou-se evidenciar como o CIEM foi evoluindo e se constituindo como um espaço importante de discussão para a Educação Matemática. De modo especial, buscou-se ressaltar características marcantes dos trabalhos que envolveram a Resolução de Problemas como temática central, tendo em vista a variedade de temáticas abordadas no CIEM. Os resultados da pesquisa demonstram, de um modo geral, que os trabalhos apresentam convergências com a Resolução de Problemas como metodologia de ensino em favor da aprendizagem de conteúdos matemáticos.


Palavras-chave


Ensino de Matemática; Resolução de Problemas; Pesquisa em Educação Matemática.

Texto completo:

PDF

Referências


ALLEVATO, N. S. G; ONUCHIC, L. R. Ensino-aprendizagem-avaliação de Matemática: por que através da resolução de problemas. In: ONUCHIC, L. R. et al. (Org.). Resolução de problemas: teoria e prática. Jundiaí: Paco, 2014.

BAYER, A; GROENWALD, C. L. O. O Congresso Internacional de Ensino da Matemática na Universidade Luterana do Brasil: um pouco da sua história. Acta Scientiae, Canoas, v. 14, n. 1, p. 76-93, jan./abr., 2012.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: primeiro e segundo ciclos do Ensino Fundamental. Brasília-DF, 1997.

_______. Conselho Nacional de Educação. Resolução 2/2017. Institui e orienta a implantação da Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2017.

D’AMORE, B. Il problema di matematica nella pratica didattica. Modena: Digital Docet, 2014.

DINIZ, M. I. Resolução de problemas e comunicação. In: SMOLE, K. S.; DINIZ, M. I. (Org.). Ler, escrever e resolver problemas: habilidades básicas para aprender matemática. 1. ed. reimp. São Paulo: Artmed, 2001.

FIORENTINI, D. Rumos da pesquisa brasileira em Educação Matemática: o caso da produção científica em cursos de pós-graduação. 1994. 414f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1994.

______. Mapeamento e balanços dos trabalhos do GT-19 (Educação Matemática) no período de 1998 a 2001. In: REUNIÃO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO – ANPED, 25., 29 de setembro a 02 de outubro de 2002, Caxambu. Disponível em < http://www.ufrrj.br/emanped/paginas/conteudo_producoes/docs_25/mapeamento.pdf > Acesso em: 03 nov. 2017.

KILPATRICK, J. Fincando estacas: uma tentativa de demarcar a Educação Matemática como campo profissional e científico. Tradução: Rosana G. S. Miskulin, Cármen Lúcia B. Passos, Regina C. Grando e Elisabeth A. Araujo. Zetetiké – Revista do Círculo de Estudo, Memória e Pesquisa em Educação, Faculdade de Educação, Matemática, Unicamp, v.4, n.5, p. 99-120, jan./jun. 1996.

MORAIS, R. dos S. O processo constitutivo da resolução de problemas como uma temática da pesquisa em educação matemática: um inventário a partir de documentos dos ICMEs. 2015. 471f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro, 2015.

MORAIS, R. dos S.; ONUCHIC. L. de la R. Uma abordagem histórica da resolução de problemas. In: ONUCHIC, L. de la R. et al. Resolução de problemas: teoria e prática. Jundiaí: Paco, 2014.

ONUCHIC, L. R. Ensino-aprendizagem de Matemática através da resolução de problemas. In: BICUDO, M. A. V. (Org.). Pesquisa em Educação Matemática. São Paulo-SP: Editora UNESP, 1999.

POLYA, G. A arte de resolver problemas. Trad. e adapt. de Heitor Lisboa de Araújo. Rio de Janeiro: Interciência, 1978 [1945].

POZO, J. I. (Org.). A solução de problemas. Porto Alegre: ArtMed, 1998.

ROMANOWSKI, J. P.; ENS, R. T. As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Diálogo Educ., Curitiba, v. 6, n. 19, p. 37-50, set./dez. 2006. Disponível em < http://alfabetizarvirtualtextos.files.wordpress.com/2011/08/as-pesquisasdenominadas-do-tipo-estado-da-arte-em-educac3a7c3a3o.pdf > Acesso em: 03 nov. 2017.

VAN de WALLE, J. A. Matemática no Ensino Fundamental: formação de professores e aplicação em sala de aula. Tradução: Paulo Henrique Colonese. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2019v21i1p069-092

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA