A comunicação e o ato de aprender e ensinar em sala de aula: refletindo sobre a disciplina de teoria e prática pedagógica do curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Estadual de Maringá
Communication and an act of learning and teaching in the classroom: reflection on a discipline of theory and pedagogical practice of a course in Mathematics Degree of the State University of Maringá

Sandra Regina D' Antonio Verrengia, Regina Maria Pavanello

Resumo


O presente trabalho apresenta parte de pesquisa que teve por objetivo investigar o discurso e as práticas pedagógicas desenvolvidas nas aulas de Teoria e Prática Pedagógica ofertadas aos alunos do curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Estadual de Maringá – UEM, a fim de verificar: a) qual tem sido a contribuição destas disciplinas no processo de construção dos saberes docentes e no desenvolvimento de práticas mais comunicativas e reflexivas em sala de aula e b) como o discurso dos professores formadores influencia a prática dos futuros professores. Isto porque a construção do conhecimento apoia-se, de maneira primordial, no uso de práticas que possibilitem aos discentes tornar públicos seus pensamentos, suas ideias, bem como comparar, negociar e modificar suas representações, concepções e crenças.


The present work presents a part of a research developed in the Theory and Pedagogical Practice classes of the Mathematics Degree course of the State University of Maringá - UEM, in order to verify: a) what has been the contribution of these disciplines in the process of knowledge construction Teachers and in the development of a more communicative and reflexive pedagogical practice in the classroom. Taking into account the issues established for this study we developed a qualitative research focusing aspects of discourse analysis. The observation and analysis of these practices shows that the predominance of teacher discourse often does not allow moments and / or activities that allow students to rethink about a more communicative and reflexive pedagogical practice to be developed in the classroom.


Palavras-chave


Comunicação; Formação de Professores em Matemática; Saberes Docentes.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMIRO, João P. O discurso na aula de matemática e o desenvolvimento profissional do professor. Tese de Mestrado em Educação. Portugal: Universidade de Lisboa, 1998, p. 3-37.

BACHELARD, Gaston. A formação do espírito científico: contribuindo para uma psicanálise do conhecimento. Trad. Estela dos S. Abreu. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.

BALL, D., LUBIENSKI, S., & MEWBORN, D. Research on teaching mathematics: The unsolved problem of teachers’ mathematical knowledge. In: V. RICHARDSON (Ed.), Handbook of research on teaching. Washington, DC: American Educational Research Association, 2001 433-456.

BISHOP, A. J; GOFFREE, F. Dinâmica e organização em sala de aula. In: CHRISTIANSEN, B; HOWSON, A. G; OTTE, M. Perspectives on Mathematics education. Dordrecht: D. Reidel, 1986, p. 309-365. Tradução de José Manuel Varandas, Hélia Oliveira e João Pedro da Ponte. Disponível em: http://www.educ.fc.ul.pt/docentes/jponte/fdm/bibliografia.htm, acesso em 10/01/2016.

BRENDEFUR, J; FRYKHOLM, J. Promoting mathematical communication in the classroom: two preservice teachers’ conceptions and practices. Journal of Mathematics Teacher. Education, 2000, 3 (2), p. 125-153.

COLL, C.; ONRUBIA, J. A construção de significados compartilhados em sala de aula: atividade conjunta e dispositivos semióticos no controle e no acompanhamento mútuo entre professor e alunos. In: COLL, C. e EDWARDS, D. Ensino-aprendizagem e discurso em sala de aula: aproximação ao estudo de discursos educacional. Porto Alegre: Artmed, 1998, p. 75-105.

D’ ANTONIO, S. R. Linguagem e matemática: uma relação conflituosa no processo de ensino? Dissertação de Mestrado. Maringá: Universidade Estadual de Maringá, 2006.

FIORENTINI, D. (Org). Formação de professores de matemática: explorando novos caminhos e outros olhares. Campinas: Mercado de Letras, 2003.

FIORENTINI, D.; SOUZA JR. A & MELO, G. A. Saberes docentes: um desafio para acadêmicos e práticos. In GERALDI, C.M.G.; FIORENTINI, D & PEREIRA, E.M.(Orgs). Cartografias do Trabalho Docente: professor(a)-pesquisador(a). Campinas, ALB e Mercado de Letras, 1998, p.307-35.

GARCIA BLANCO, M. M. A formação inicial dos professores de matemática: fundamentos para a definição de um currículum. In: FIORENTINI, D. (Org). Formação de professores de matemática: explorando novos caminhos e outros olhares. Campinas: mercado de Letras, 2003, p.51-86.

GIROUX, H. Teoria crítica e resistência em educação: Para além das teorias de reprodução. Petrópolis: Vozes, 1986.

GODINO, J. D.; LLINARES, S. El interaccionismo simbólico em educación matemática. Revista Educación Matemática, 2002, nº 12, vol. 1, p. 70-92.

GOMES, J. O. M. A formação do professor de matemática: um estudo sobre a implantação de novas metodologias no curso de licenciatura em matemática da Paraíba. Dissertação de mestrado. João Pessoa: Universidade Federal da Paraíba, 2006.

GUMPERZ, J. A construção social da alfabetização. Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.

KENSKI, V. M. O papel do professor na sociedade digital. In: CASTRO, A. D.; CARVAKHO, A. M. P. (Orgs). Ensinar a ensinar: didática para a escola fundamental e média. São Paulo: Pioneira – Thonson Learning, 2001, p. 95-103.

MARTINHO, M. H.; PONTE, J. P. Comunicação na sala de aula de matemática: práticas e reflexão de uma professora de matemática. Actas do XVI Seminário de investigação em Educação Matemática. Lisboa: APM, p. 273-293, 2005.

MEDEIROS, K. M. A comunicação na formação inicial dos professores de matemática: concepções e práticas de explicação em sala. Universidade de Lisboa: Instituto de Educação. Tese de doutorado, 2010 p. 1- 432.

MENEZES, L. Investigar para ensinar matemática: contributos de um projeto de investigação colaborativa para o desenvolvimento profissional do professor. Tese de Doutorado: Universidade de Lisboa, 2004.

MENEZES, L. A importância da pergunta do professor na aula de Matemática. In: Millenium On. Line, n.º 20, p. 1-13, outubro de 2000 (acessado em 2 de janeiro de 2016).

MENEZES, L. Comunicação na aula de matemática e desenvolvimento profissional de professores. In: Millenium On. Line, n.º 20, p. 1-13, outubro de 2000b (acessado em 15 de janeiro de 2016).

MIZUKAMI,M. G. N. et al. Escola e aprendizagem da docência: processos de investigação e formação. São Paulo: EdUFSCar, 2002.

PAVANELLO, R. M.; ANDRADE, R. N. G. Formar professores para ensinar geometria: um desafio para as licenciaturas em matemática. In: Educação Matemática em Revista, ano 9, ed. esp., p. 78-87, mar. 2002.

PONTE, J. P., GUERREIRO, A., CUNHA, H., DUARTE, J., MARTINHO, H., MARTINS, C., L. MENEZES, L., MENINO, H., PINTO, H., SANTOS, L., VARANDAS, J. M., VEIA, L., & VISEU, F. A comunicação nas práticas de jovens professores de matemática. Revista Portuguesa de Educação, 2007, nº 20 vol. 2, p. 39-79.

PERUZOLLO, A. C. Elementos da semiótica da comunicação: Quando aprender é fazer. Bauru – SP: EDUSC, 2004.

SHULMAN, L. S. Those Who understand: the knowledge growths in teaching. Education Researcher, p. 4-14, Feb. 1986.

TARDIF, M. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários: elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências em relação à formação para o magistério. In: Revista Brasileira de Educação, Jan/Fev/Mar/Abr 2000 Nº 13.




DOI: http://dx.doi.org/10.23925/1983-3156.2018v20i1p334-358

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM