O Minicomputador de Papy: uma interpretação sobre sua produção no Brasil
Papy’s Minicomputer: an analysis on its Brazilian production

Bruno Alves Dassie, Letícia Maria Ferreira da Costa

Resumo


O objetivo deste texto é apresentar uma interpretação sobre a produção do Minicomputador de Papy no Brasil, material didático idealizado por Georges Papy. Para isso, este texto é guiado pela seguinte problematização: como compreender a produção desse artefato didático no Brasil visto a diversidade de mobilizações do Movimento da Matemática Moderna em práticas escolares? Apresenta-se, então, um breve resumo de seu funcionamento e as concepções envolvidas em sua constituição a partir de documentos de autoria de Georges e Frédérique Papy. Em seguida, argumenta-se em favor da constituição de uma rede de relações e de circulação das propostas metodológicas de Papy no Rio de Janeiro e a consequente institucionalização de novos métodos no ensino de matemática. A terceira e última parte do texto é reservada para a apresentação de registros sobre o uso do Minicomputador e sobre práticas pedagógicas e escolares no Rio de Janeiro envolvendo esse artefato. Nessa parte, tem-se também a descrição do exemplar produzido pela Didacta Sistemas Educacionais S.A., empresa subsidiária da Editora José Olympio.

This paper presents an interpretation on the Brazilian production of Papy’s Minicomputer, a courseware developped by Georges Papy. The following question is discussed: how can the production of this courseware in Brazil be understood given the diversity of school practices during the New Math Movement? A brief on how the Minicomputer works is presented, along with the ideas wich originated the artifact. Documents from Georges and Fréderique Papy are used fot that. On the sequence, the paper argues that a net around the ideias and the methodological suggestions of Papy is formed in Rio de Janeiro; thereafter, new methods on teaching mathematics are institutionalized. The third and last part of the paper brings situations on the use of the Minicomputer and on pedagogical and educacional practices envolving the artifact. A description of the model produced by Didacta Sistemas Educacionais S.A, an affiliate of the publishing house José Olympio, is also presented.


Palavras-chave


Minicomputador de Papy; Movimento da Matemática Moderna; Material didático; Editora José Olympio; Didacta Sistemas Educacionais S.A.

Texto completo:

PDF

Referências


AMADO, H.; MESQUITA, S.N.de; DOURADO, C.N.; BRAZIL, C.V. Uma experiência interrompida. Rio de Janeiro: Lidador, 1972.

AVANT de formuler mes réponses. Entrevista de Georges Papy acerca do Minicomputador. 3p. [1970?]. Disponível em:. Acessoem: 20jun 2016.

BULLARA, E. Matemática Moderna (II). Jornal dos Sports. 23 de março de 1969.

BÚRIGO, E.Z. Lucienne Félix no Brasil: repercussões de um movimento em curso na França dos anos 1960. Anais do I Encontro Nacional de Pesquisa em História do Ensino de Matemática, 2012.

CARVALHO, J.B.P.; COSTA, L.M.F.da; DASSIE, B.A. A trajetória de Dom Ireneu Penna e suas escolhas como educador matemático. Zetetiké, v.23, n.44, jul/dez, 2015, p.395-410.

COSTA, L.M.F.da. O Movimento da Matemática Moderna no Brasil - o caso do Colégio de São Bento do Rio de Janeiro. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Matemática. 2014

COUTINHO, M. Matemática, o falso fantasma. Assista à aula moderna: é fácil. Correio da Manhã. 6 de agosto de 1970.

DALCIN, Andréia. Fotografia como fonte de pesquisas em história da educação matemática. Anais do I Encontro Nacional de Pesquisa em História do Ensino de Matemática, 2012.

DIDACTA Sistemas Educacionais S.A. Ata da Assembleia Geral, realizada em 10.7.1970. Jornal do Commercio. 12 de agosto de 1970.

GARNICA, A.V.M. Presentificando ausências: a formação e a atuação dos professores de matemática. In DALBEN, A.; DINIZ, J.; LEAL, L.; SANTOS, L. (Orgs.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010, p.555-569 (Coleção didática e prática de ensino, Livro 5).

GARNICA, A.V.M.; SOUZA, L.A de. Elementos de história da educação matemática. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2012.

HALLEWELL, L. O livro no Brasil: sua história. 3ed. São Paulo. Editora da Universidade de São Paulo, 2012.

LUZ, C. Matemática Moderna. A experiência que ensina. Jornal do Brasil. 15 de junho de 1971.

MAGALDI, A.M.B.M.; XAVIER, L.N. (Orgs.). Impressos e História da Educação: usos e destinos. Rio de Janeiro: 7Letras, 2008.

MATEMÁTICA em foco. O que é a matemática moderna. Jornal dos Sports. 19 de dezembro de 1969.

MATEMÁTICA. Correio da Manhã. 6 de agosto de 1971.

MINICOMPUTER : un ordinateur sans électronique. Media, [1960?], pp. 26-36. Disponível em: . Acesso em: 20jun 2016.

OS GÊNIOS da nova matemática. Jornal dos Sports. 8 de dezembro de 1968.

PAPY diz que o ritmo da mulher ajudou pesquisas. Jornal do Brasil. 16 de junho de 1971a.

PAPY prefere Matemática Moderna com maus mestres à tradicional com bons. Jornal do Brasil. 18 de junho de 1971b.

PAPY, Georges. Heureux vingtième anniversaire, Minicomputer! Centre Belge de Pédagogie des Mathématiques. Nico: n. 19, p. 3-38, 1975.

PAPY, Frédérique. Papy's Minicomputer. Mathematics Teaching, n. 50, p. 40-45, 1970.

SOARES, F.S. Fontes para a história da educação matemática: imprensa e a matemática moderna. Revista Diálogo Educacional, v. 6, n.18, mai./ago., 2006 p.65-77.

SOARES, F.S. O movimento da Matemática moderna no Brasil: avanço ou retrocesso. Dissertação de Mestrado, Departamento de Matemática, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2001.

SOUZA, C.A.de; GARNICA, A.V.M. Sobre a Dinâmica de Circulação de Ideias (em Educação Matemática). Perspectivas da Educação Matemática, v. 9, n.20, 2016, p.413-446.

VESTIBULAR Miguel Couto: Conhecimentos Gerais no segundo concurso simulado. Diário de Notícias. 14 de julho de 1971.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2020v22i1p632-657

Direitos autorais 2020 Educação Matemática Pesquisa : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática



INDEXADORES DA REVISTA
     
             Anti-Plágio