A confecção de cestos e suas possibilidades pedagógicas para o ensino de matemática na escola indígena Ticuna

Lucélida de Fátima Maia da Costa, Evandro Ghedin, Erasmo Borges de Souza Filho

Resumo


Neste artigo temos o objetivo de discutir e mostrar possibilidades pedagógicas para o ensino de matemática na escola indígena por meio da utilização do processo de confecção de cestos. Nossas conjecturas surgiram dos resultados de uma pesquisa etnográfica realizada na aldeia Ticuna Umariaçu, localizada na tríplice fronteira Brasil-Colômbia-Peru, na qual convivemos com tecedoras, aprendemos a tecer ou trançar cestos e percebemos que na confecção desses objetos estão implícitas ideias matemáticas correlatas a conceitos matemáticos do currículo escolar. Nesse processo de confecção são mobilizados distintos processos cognitivos estruturantes das formas de ensinar e aprender entre os ticunas que devem ser considerados ao pensarmos estratégias de ensino para a escola indígena Ticuna.

Palavras-chave


Ensino de matemática; Escola indígena; Cestos Ticuna.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA