RÁDIO-ESCOLA E MÍDIA-EDUCAÇÃO: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO MÉDIO NO CONTEXTO DA CONVERGÊNCIA DE MÍDIAS

Alexandra Bujokas de Siqueira, Larissa de Almeida Martins

Resumo


O trabalho relata o processo de desenvolvimento e teste de oficinas de rádio que integraram demandas do programa “Rádio Escola” do MEC com referenciais internacionais de mídia-educação. O diálogo entre o programa e as demandas se justifica pela necessidade de integrar a escola ao movimento internacional de promoção do engajamento cívico de jovens, empoderando os agentes escolares, através da aquisição de habilidades de media literacy. O objetivo foi sugerir aprimoramentos para a política das rádios escolares do Programa Mais Educação do MEC, integrando-as ao contexto mais amplo da educação para a mídia e da cultura digital. A metodologia consistiu num estudo de campo para observar diretamente as atividades propostas a um grupo específico. O trabalho se fundamenta nos conceitos-chave da mídia-educação e nos multiletramentos. Os dados foram coletados durante a realização das oficinas, utilizando-se de três instrumentos: material produzido pelos participantes, diário de campo e questionário de avaliação, ao final do último encontro. Os dados foram avaliados segundo três categorias: engajamento na proposta, qualidade das produções, percepções dos participantes no que se refere à relevância e viabilidade da proposta. Os resultados permitiram mapear habilidades desenvolvidas com as oficinas e modos de integrar a escola ao contexto mais amplo da cultura digital, usando a linguagem radiofônica.


Palavras-chave


mídia-educação, multimodalidade, linguagem radiofônica, Ensino Médio

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIATION FOR MEDIA LITERACY (AML). Critical Media Literacy Teachable Moments. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2015.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2010.

BERARDI, A. ET AL. Como encontrar e compartilhar soluções próprias da comunidade - Um Manual Prático. Disponível em: . Acesso em: 22 mar. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa Interministerial n. 17. Institui o Programa Mais Educação. Brasília, DF: MEC, 2007.

BRASIL. Ministério da Educação. Decreto-lei n. 7083, de 27 de janeiro de 2010. Dispõe sobre o Programa Mais Educação. Brasília, DF: MEC, 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Di-versidade. Escola que Protege: Enfrentando a violência contra crianças e adolescentes.

Brasília: MEC, SECAD. 2008, 2ª edição. Disponível em: . Acesso em: 25 mai. 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. Manual Operacional de Educação Integral. Brasília, 2014. Disponível em: . Acesso em: 10 mai. 2014.

BUCKINGHAM, D. Media Education: literacy, learning and contemporary culture. Lon-dres: Polity Press, 2003.

BURN, A. E DURRAN, J. Media Literacy in Schools: practice, production and progres-sion. Londres: Sage/Paul Chapman Publishing, 2007.

CENPEC, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária. Cader-nos Cenpec n. 2. São Paulo: CENPEC, 2006. Disponível em: . Aces-so em: 25 mai. 2013.

COPE, B. e KALANTZIS, M. Multiliteracies: Literacy learning and the design of social Futures. Londres: Routledge: 2000.

COSTA, R. Cultura Digital. 3 ed. São Paulo: Publifolha, 2002.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

IBGE/NIC.BR. PNAD - Acesso à internet e posse de telefone móvel para uso pessoal. Rio de Janeiro: IBGE, 2007.

JENKINS, H. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2008.

KELLNER, D.; SHARE, J. Educação para a leitura crítica da mídia, democracia radical e reconstrução da educação. Educação & Sociedade, Campinas, v. 29, n. 104, p. 687-717, out. 2008.

KRESS, G. Multimodality: A social semiotic approach to contemporary communication. Londres: Routledge. 2010.

LUSTED, D. (org.) The Media Studies Book – A Guide for Teachers. Londres: Routledge, 1991.

OFCOM. Ofcom’s Strategy and Priorities for the Promotion of Media Literacy - A statement. Londres, 2004. Disponível em . Acesso 18 março 2015.

QUALIFICATIONS AND CURRICULUM AUTOHORITY. Media Studies – A level per-formance descriptions. Londres, QCA, 2003.

SIQUEIRA, A. B. Mídia: quer estudar essa matéria? In.: Salto para o Futuro: mídia-educação e currículo escolar, v. 1, p. 4-18, 2013.

UNESCO. Alfabetização midiática e informacional – Currículo para a formação de pro-fessores. Brasília: UNESCO/UFTM, 2013.

WILLIANS, R. Key words. Oxford: Oxford University Press, 1985.




DOI: https://doi.org/10.23925/1809-3876.2018v16i3p768-787

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais