DESAFIOS E SUPERAÇÕES DO CONTÍNUO PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO POLÍTICO-PEDAGÓGICA DA UFPR LITORAL

Rodrigo Rosi Mengarelli, Valdo José Cavallet

Resumo


Este artigo apresenta reflexões sobre a implantação da proposta político-pedagógica da UFPR Litoral. As perspectivas destas reflexões são os impactos sofridos e superados em 15 anos de história, envolvendo questões como: constituição e formação continuada da equipe; gestão dos atos curriculares inovadores e processo de avaliação permanente, participativa e reflexiva. As considerações são desenvolvidas a partir das vivências dos autores no projeto e da leitura crítica do projeto político pedagógico institucional, à luz de autores como Hernandez (2000), Masetto (2012), Sánchez(2007), entre outros. Os resultados destas práxis apontam que o resgate dos princípios fundantes deste projeto se faz necessário na atual conjuntura institucional e que há caminhos a serem trilhados para além do Currículo proposto no Projeto Político Pedagógico.


Palavras-chave


Inovação Curricular; Ensino Superior; Educação Emancipatória; Formação Continua de Professores; Avaliação Permanente

Texto completo:

PDF

Referências


CARBONELL, Jaume. A aventura de inovar: a mudança da escola. Porto Alegre: Artmed, 2002.

COUTO, Ligia Paula. A pedagogia universitária nas propostas inovadoras de universidades brasileiras: por uma cultura da docência e construção da identidade docente. Orientadora: Selma Pimenta. 2013. 188 f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

CUNHA, Maria Isabel da. O professor universitário na transição de paradigmas. Araraquara: Ed. Junqueira&Marin, 2005.

CUNHA, Maria Isabel da; FAGUNDES, Maurício César Vitória. Discutindo Projetos emancipatórios no contexto da universidade pública no Brasil. Cadernos de Educação, Pelotas, v.30, p.25-44, 2008.

FAGUNDES, Maurício César Vitoria. Mudar a universidade é possível?: desafios e as tensões de um projeto pedagógico emancipatório. Curitiba, Ed. CRV, 2012.

FELDMANN, Marina Graziela. Formação de professores e escola na contemporaneidade. São Paulo: Senac, 2009.

GIMENO SACRISTÁN, José. Por qué habría de renovarse la enseñanza en la universidad? In: MARTÍNEZ, Juan Bautista. Innovación em la universidad: práticas, políticas y retóricas. Barcelona: Graó, 2012. p. 27-52.

HAMERMÜLLER, Douglas Ortiz. Possibilidades e limites do exercício da autonomia dos estudantes na ufpr litoral: os projetos de aprendizagem em foco. Orientadora: Regina Michelotto. 2011. 148 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2011.

HERNANDEZ, Fernando (Org.). Aprendendo com as inovações nas escolas. Porto Alegre: Artmed, 2000.

JOUCOSKI, Emerson. Desenvolvimento profissional e inovação curricular na licenciatura em ciências da ufpr litoral. Orientador: Alberto Vilani. 2015. 336 f. Tese (Doutorado) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

KELLER-FRANCO, Elize. Movimentos de Mudança: um estudo de caso sobre inovação curricular em cursos de licenciatura da UFPR Litoral. Orientador: Marcos Masetto. 2014. 263 f. Tese (Doutorado) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.

MASETTO, Marcos Tarciso. Inovação no ensino superior. São Paulo, Edições Loyola, 2012.

MASETTO, Marcos Tarciso. Trilhas abertas na universidade: Inovação curricular, práticas pedagógicas e formação de professores. São Paulo: Summus, 2018.

MASETTO, Marcos Tarciso; GAETA, Cecília. Currículo inovador: um caminho para os desafios do ensino superior. Revista FORGES, v.4, n.2, p.273-290, 2016.

MENGARELLI, Rodrigo Rosi. Inovação curricular universitária: o constante processo de constituição político-pedagógica da UFPR Litoral e os desafios na formação de seus atores. Orientador: Marcos Masetto. 2017. 169 f. Tese (Doutorado), Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.

MORAES, Maria Candida. Complejidad y mediación pedagógica: Nuevas perspectivas para la educación intercultural. In: TORRE, Saturnino de La. Estrategias didácticas en el aula: buscando la calidad y la innovación. Madrid: Uned, 2008.

MUÑOZ IMBERNÓN, Francisco. La formación del profesorado universitario: orientaciones y desorientaciones. Las práticas de formación del profesorado universitario. In: MARTÍNEZ, Juan Bautista. Innovación em la universidad: práticas, políticas y retóricas. Barcelona: Graó, 2012.

OLIVEIRA, Fabricio Costa de. Alternativas para uma nova educação: uma oportunidade para a transformação. Orientadora: Alessandra de Moraes. 2019. 127 f. Tese (Doutorado) - UNESP-Marília, Marília-SP, 2019.

PEREIRA, Carolina Arantes. Processo de formação de professores universitários engajados no currículo por projetos da proposta integral de educação emancipatória da UFPR Litoral. Orientador: Marcos Masetto. 2012. 163 f. Tese (Doutorado), Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.

SÁNCHEZ, Aurelio Villa; ESCOTET, Miguel Ángel; ZABALA, Juan José Goñi. Modelo de innovación de la educación superior. Bilbao: Ediciones Mensajero, 2007.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Para uma pedagogia do conflito. In: SILVA, Luiz Heron. Reestruturação curricular: novos mapas culturais, novas perspectivas educacionais. Porto Alegre: Sulina, 1996. p. 15-40.

SILVA, Lenir Maristela; BRIZOLLA, Francéli; SILVA, Luis Everson da. Projeto pedagógico do curso de licenciatura em Ciências da UFPR Litoral: desafios e possibilidades para uma formação emancipatória. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 94, n. 237, p.524-541, 2013.

UFPR LITORAL. Projeto Político Pedagógico da UFPR Litoral. Curitiba: Ed. UFPR, 2008.

WANZINACK, Clóvis; SIGNORELLI, Marcos Claudio. Expansão do ensino superior federal e desenvolvimento regional: o caso da Universidade Federal do Paraná no litoral paranaense. Revista GUAL, Florianópolis, v. 7, n. 2, p.286-307, 2014.




DOI: https://doi.org/10.23925/1809-3876.2020v18i3p1118-1139

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais