Convergências entre a abordagem do livro didático e o ensino de função quadrática: um olhar sob o ponto de vista dos registros de representação semiótica<br>Convergences between textbook and the quadratic function teaching: a look from the semiotic representation registry perspective

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23925/1983-3156.2020v22i2p604-634

Palavras-chave:

Função quadrática, Teoria dos Registros de Representação Semiótica, Prática docente, Livro didático

Resumo

Sob a ótica da Teoria dos Registros de Representação Semiótica, analisa-se a relação entre a abordagem do livro didático e a prática do professor de matemática sobre Função Quadrática.  A pesquisa, de caráter quantitativo e qualitativo, utilizou vídeo gravação, áudio gravação e análise de livro didático. Há convergência entre a abordagem do livro didático e a prática do professor: na variabilidade das representações; na construção do gráfico pelo procedimento ponto a ponto.  As conversões são muito enfatizadas, mas de maneira indireta, não colaborando para que o estudante coordene dois registros de representação. No livro didático a maioria das questões eram de médio e alto grau de não congruência, já nas aulas, de baixo e médio grau. Consideramos que a falta de auxílio nas coordenações entre registros, pode gerar dificuldades para aprendizagem.  

Resumo

Sob a ótica da Teoria dos Registros de Representação Semiótica, analisa-se a relação entre a abordagem do livro didático e a prática do professor de Matemática sobre Função Quadrática. A pesquisa, de caráter quantitativo e qualitativo, utilizou vídeo gravação, áudio gravação e análise de livro didático. Há convergência entre a abordagem do livro didático e a prática do professor: na variabilidade das representações; na construção do gráfico pelo procedimento ponto a ponto. As conversões são muito enfatizadas, mas de maneira indireta, não colaborando para que o estudante coordene dois registros de representação. No livro didático, a maioria das questões são de médio e alto grau de não congruência; já nas aulas, de baixo e médio grau. Consideramos que a falta de auxílio nas coordenações entre registros pode gerar dificuldades para aprendizagem. 

Palavras-chave: Função quadrática, Registros de representação semiótica, Prática docente, Livro didático.

Abstract

From the perspective of the Registers of Semiotic Representation theory, this study presents the analysis of the relationship between the textbook approach and the Mathematics teacher's practice on Quadratic Function. This quantitative and qualitative-character research used video recording, audio recording, and textbook analysis. There is a convergence between the textbook approach and the teacher's practice: in the variability of representations; in the construction of the graph by the point-to-point procedure. Conversions are highly emphasized, but indirectly, not helping the students to coordinate two representation registers. In the textbook, most questions are of medium and high degree of non-congruence; yet, in classes, of low and medium degree. We believe that the lack of help in coordinating registers can create learning difficulties.

Keywords: Quadratic function, Registers of semiotic representation, Teaching practice, Textbook.

Resumen

Desde la perspectiva de la Teoría de los Registros de Representación Semiótica, se analiza la relación entre el enfoque de los libros de texto y la práctica del profesor de Matemáticas en Función Cuadrática. La investigación, cuantitativa y cualitativa, utilizó grabación de video, grabación de audio y análisis de libros de texto. Existe una convergencia entre el enfoque de los libros de texto y la práctica del profesor: en la variabilidad de las representaciones; en la construcción de la gráfica por el procedimiento punto a punto. Las conversiones se enfatizan mucho, pero de manera indirecta, sin ayudar al estudiante a coordinar dos registros de representación. En el libro de texto, la mayoría de las preguntas son de grado medio y alto de no congruencia; ya en clases, bajo y medio grado. Creemos que la falta de asistencia para coordinar los registros puede crear dificultades de aprendizaje.

Palabras clave: Función cuadrática, Registros de representación semiótica, Práctica docente, Libro de texto.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Andreza Santana da Silva, Universidade Federal de Pernambuco

Mestra em Educação Matemática e Tecnológica pela Universidade Federal de Pernambuco, especialização em Ensino de Matemática - FACOL e graduação em licenciatura em Matemática - UPE.

Rosinalda Aurora de Melo Teles, Universidade Federal de Pernambuco

Doutora em Educação pela UFPE, Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica da UFPE, Centro de Educação - Departamento de Métodos e Técnicas/UFPE.

Referências

BITTAR, M. A teoria Antropológica do Didático como ferramenta metodológica para análise de livros didáticos. Zetetiké, Campinas, SP, v.25, n. 3, set./dez.2017, p.364-387.

BRANDT, C, F; MORETTI, M, T. O cenário da pesquisa no campo da Educação Matemática à luz da Teoria dos Registros de Representação Semiótica. Mato Grosso do Sul: Revista EDUMAT, v.7, n. 13, 2014.

DUVAL, R. Graphiques et equations: L’articulation de deux registres. Annales de Didactique et de Sciences Cognitives, n. 1, p. 235-261, 1988.

DUVAL, R. Registros de representação semiótica e funcionamento cognitivo do pensamento, 1993. Tradução: Méricles Thadeu Moretti. Florianópolis, v. 07, n. 2, p.266-297, 2012.

DUVAL, R. Registros de representações semióticas e funcionamento cognitivo da compreensão em matemática. In: MACHADO, S. D. A. Aprendizagem em matemática: Registros de representação semiótica. São Paulo: Papirus Editora, 2003, p.11-33.

DUVAL, R. Semiósis e pensamento humano. Editora: Livraria da Física. C. contextos da ciência. Edição: 1/2009. Tradução: Lênio Abreu Farias e Marisa Rosâni Abreu da Silveira.

DUVAL, R. Ver e ensinar a matemática de outra forma: Entrar no modo matemático de pensar: os registros de representações semióticas. In: Tânia M. M. Campos (org). Tradução: Marlene Alves Dias. – 1. ed. – São Paulo: PROEM, 2011.

FLORES, C.; MORETTI, M. O funcionamento cognitivo e semiótico das representações gráficas: Ponto de análise para aprendizagem Matemática. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, GT19: EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 28., 2005, Caxambu. Anais... Caxambu: ANPED. p. 1-13. Disponível em: <http://www.ufrrj.br/emanped/paginas/conteudo_producoes/docs_28/funcionamento.pdf>, Acesso: 11/12/2019.

MAIA, D. Função quadrática: Um estudo didático de uma abordagem computacional. 141 f. Dissertação – Educação Matemática, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2007.

MORETTI, M, T. A Translação como recurso no esboço de curvas por meio da interpretação global das propriedades figurais. In: MACHADO, S. D. A. Aprendizagem em matemática: Registros de representação semiótica. São Paulo: Papirus Editora, 2003, p. 149-160.

PEIXOTO, L. S. Aproximações e distanciamentos entre as pesquisas em educação matemática e as concepções dos professores sobre o ensino de funções. 232 f. Dissertação – Educação Científica e Tecnológica, Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2011.

SALIN, E. B. Matemática Dinâmica: uma abordagem para o ensino de funções afim e quadrática a partir de situações geométricas. 206 f. Dissertação – Ensino de Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2014.

SANTOS, V. D. G. Esboço de gráficos nos ambientes papel e lápis e geogebra: funções afins e funções quadráticas. 126 f. Dissertação – Ensino de Ciências e Matemática, Universidade Federal de Alagoas. Maceió/AL, 2012.

SILVA, A. S. Registros de representação semiótica e função quadrática: um olhar sobre o ensino e a abordagem no livro didático. 160 f. Dissertação – Educação Matemática e Tecnológica, Universidade Federal de Pernambuco. Recife/PE, 2020.

SOUZA, J. R.; PATARO, P. R. M. Vontade de Saber Matemática. 3ª ed. São Paulo: FTD, 2015.

Downloads

Publicado

2020-08-27

Como Citar

SILVA, A. S. da; TELES, R. A. de M. Convergências entre a abordagem do livro didático e o ensino de função quadrática: um olhar sob o ponto de vista dos registros de representação semiótica&lt;br&gt;Convergences between textbook and the quadratic function teaching: a look from the semiotic representation registry perspective. Educação Matemática Pesquisa Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática, São Paulo, v. 22, n. 2, p. 604–634, 2020. DOI: 10.23925/1983-3156.2020v22i2p604-634. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/emp/article/view/47455. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos