Desenvolvimento profissional e história da matemática: um exemplo a partir das geometrias não euclidianas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23925/1983-3156.2020v22i2p452-482

Palavras-chave:

Educação Matemática, Desenvolvimento Profissional, História da Matemática, Geometrias Não Euclidianas.

Resumo

Resumo

Este trabalho tem por objetivo analisar dinâmicas de aprendizagem de um curso de formação continuada ofertado a um grupo de seis professoras de Matemática que atuam na Educação Básica, que teve como foco algumas noções básicas das geometrias não euclidianas. Este curso teve a História da Matemática como elemento desencadeador do processo formativo. Os dados empíricos foram coletados a partir da observação participante, da gravação em áudio, de fotografias e da recolha documental. A análise destes dados foi desenvolvida a partir do modelo inter-relacional de desenvolvimento profissional. Os resultados sugerem que as docentes desenvolveram seus conhecimentos sobre os conceitos matemáticos, as potencialidades do uso da História da Matemática e refletiram sobre a prática docente.

Palavras-chave: Educação Matemática, Desenvolvimento Profissional, História da Matemática, Geometrias Não Euclidianas.

Abstract

This work aims to analyze the learning dynamics of a continuing education course offered to a group of six Mathematics teachers who work in Basic Education, which focused on some basic notions of non-Euclidean geometries. This course had the History of Mathematics as a trigger for the formative process. Empirical data were collected from participant observation, audio recording, photographs and documentary collection. The analysis of these data was developed based on the interrelation model of professional development. The results suggest that teachers develop their knowledge about mathematical concepts, the potential of using the History of Mathematics and reflect on teaching practice.

Keywords: Mathematical Education, Professional Development, History of Mathematics, Non-Euclidean Geometries.

 

Resumen

Este trabajo tiene como objetivo analizar la dinámica de aprendizaje de un curso de educación continua ofrecido a un grupo de seis maestros de matemáticas que trabajan en Educación Básica, que se centró en algunas nociones básicas de geometrías no euclidianas. Este curso tuvo la Historia de las Matemáticas como un elemento desencadenante del proceso de capacitación. Se recogieron datos empíricos de observación participante, grabación de audio, fotografías y colección de documentales. El análisis de estos datos se desarrolló en base al modelo interrelacional de desarrollo profesional. Los resultados sugieren que los maestros desarrollaron su conocimiento sobre conceptos matemáticos, el potencial de usar la Historia de las Matemáticas y reflexionaron sobre la práctica docente.

Palabras clave: Educación Matemática, Desarrollo Profesional, Historia de las Matemáticas, Geometrías No Euclidianas.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Eliane Maria de Oliveira Araman, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Doutora em Ensino de Ciências e Educação Matemática. Estágio de pós-doutorado concluído em 2019 no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Professora do Departamento de Matemática  e do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Matemática da Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Lucas Ferreira Gomes, Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer de Mato Grosso

Mestre em Ensino da Matemática pelo Programa de Pós Graduação em Ensino de Matemática - PPGMAT da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Londrina e Cornélio Procópio. Graduado em Licenciatura em Matemática pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus de Cornélio Procópio. Atualmente é professor efetivo da Educação Básica na Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer de Mato Grosso no município de Rosário Oeste (Escola Estadual Professora Elizabet Evangelista Pereira - Escola Plena), ocupando o cargo de Diretor Escolar nesta instituição de ensino (biênio 2019/2020).

Referências

ARAMAN, E. M. O. Contribuições da história da matemática para a construção dos saberes do professor de matemática. Londrina: UEL, 2011. 228 p. Tese (Doutorado em Ensino de Ciência e Educação Matemática) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2011.

ARAMAN, E. M. O.; BATISTA, I. L. Contribuições da história da matemática para a construção dos saberes do professor de matemática. Bolema: Boletim de Educação Matemática, v. 27, n. 45, p. 1-30, 2013.

BATISTA, I. L.; LUCCAS, S. Abordagem histórica-filosófica e Educação Matemática - uma proposta de interação entre domínios de conhecimento. Educação Matemática Pesquisa. São Paulo, v. 6, n. 1, p. 101-133, 2004.

BICUDO, I. (tradutor e organizador). Os elementos. São Paulo: Editora da UNESP, 2009.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação. Porto: Porto Editora, 1994.

BRITO, A. J.; CARVALHO, D. L.;. Utilizando a história no ensino de geometria. In: MIGUEL, A.; BRITO, A. J.; CARVALHO, D. L.; MENDES, I. A. (Orgs.). História da matemática em atividades didáticas. São Paulo: Livraria da Física, 2009. p. 13-104.

CAMARGO, K. C. A. A expressão gráfica e o ensino de geometrias não euclidianas. Curitiba: UFPR, 2012. 144 p. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2012.

CHAVICHIOLO, C. V. Geometrias não euclidianas na formação inicial do professor de matemática: o que dizem os formadores. Curitiba: UFPR, 2011. 165 p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2011.

CLARKE, D.; HOLLINGSWORTH, H. Elaborating a model of teacher professional growth. Teaching and teacher education, v. 18, n. 8, p. 947-967, 2002.

DAY, C. Desenvolvimento profissional de professores: os desafios da aprendizagem permanente. Porto, Portugal: Porto Editora, 2001.

GUSKEY, T. R.; HUBERMAN, M. Professional development in education: New paradigms and practices. Teachers College Press, New York, 1995.

HEIDEMAN, C. Introduction to staff development. Programming for staff development. London: Falmer Press, p 3‑9, 1990.

MARQUEZE, J. P. As faces dos sólidos platônicos na superfície esférica: uma proposta para o ensino-aprendizagem de noções básicas da geometria esférica. São Paulo: PUC, 2006. 162 p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica, São Paulo, 2006.

MENDES, I. A.; CHAQUIAM, M. História nas aulas de Matemática: fundamentos e sugestões didáticas para professores. Belém: SBHMat, 2016.

MIGUEL, A. História, filosofia e sociologia da educação matemática na formação do professor: um programa de pesquisa. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 1, p. 137-152, jan./abr., 2005.

MIGUEL, A.; MIORIM, M. Â. História na educação matemática. Autêntica Editora, 2019.

NACARATO, A. M.; PAIVA, M. A. V. A formação do professor que ensina matemática: perspectivas e pesquisas. São Paulo: Autêntica, 2017.

NASCIMENTO, A. K. S. Geometrias não euclidianas como anomalias: implicações para o ensino de geometria e medidas. Natal: UFRN, 2013. 115 p. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal. 2013.

PONTE, J. P. O professor de Matemática: Um balanço de dez anos de investigação. Quadrante, p. 79-114, 1994.

_______. Da formação ao desenvolvimento profissional. In: ACTAS do PROFMAT. Lisboa: APM, 1998. p. 27-44.

_______. Estudiando el conocimiento y el desarrollo profesional del profesorado de matemáticas. In N. Planas (Coord.). Teoría, crítica y práctica de la educación matemática. Barcelona: Graó, 2012. p. 83-98.

PONTE, J. P.; MATA-PEREIRA, J.; QUARESMA, M.; VELEZ, I. Formação de professores dos primeiros anos em articulação com o contexto de prática de ensino de matemática. Revista latinoamericana de investigación en matemática educativa, v. 20, n. 1, p. 71-94, 2017.

QUARESMA, M.; PONTE, J. P. Dinâmicas de aprendizagem de professores de Matemática no diagnóstico dos conhecimentos dos alunos num estudo de aula. Quadrante, v. 26, n. 2, p. 43-68, 2017.

REIS, J. D. S. Geometria esférica por meio de materiais manipuláveis. Rio Claro: UNESP, 2006. 159 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2006.

RIBEIRO, R. D. G. L. O ensino das geometrias não euclidianas: um olhar sob a perspectiva da divulgação científica. USP: São Paulo, 2012. 102 p. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

STRUTCHENS, M.; HUANG, R.; LOSANO, L.; PORTARI, D.; PONTE, J. P.; CYRINO, M. C. C. T.; ZBIEK, R. M. The mathematics education of prospective secondary teachers around the world. Nova Iorque: Springer Open, 2016.

Downloads

Publicado

2020-08-27

Como Citar

ARAMAN, E. M. de O.; GOMES, L. F. Desenvolvimento profissional e história da matemática: um exemplo a partir das geometrias não euclidianas. Educação Matemática Pesquisa Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática, São Paulo, v. 22, n. 2, p. 452–482, 2020. DOI: 10.23925/1983-3156.2020v22i2p452-482. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/emp/article/view/48133. Acesso em: 16 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos