CONVERGÊNCIAS E TENSÕES NA PRODUÇÃO ACADÊMICA SOBRE CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO INFANTIL

Sandro Vinicius Sales dos Santos, Fabiana Pinheiro Barroso, Jessica Mayara Nascimento

Resumo


O texto analisa a produção acadêmica brasileira que, entre os anos de 2009 e 2018, investigou a temática do currículo para as instituições de Educação Infantil. Nesse período, foram encontrados 10 artigos publicados nas revistas Qualis A1 e A2 do campo educacional – corpus de análise que após ser estudado foi agrupado nas categorias: contributos das crianças para o currículo da Educação Infantil; análises de políticas de currículo em creches e pré-escolas e; revisões teóricas, históricas e ou de literatura. A análise evidenciou que os artigos consideram a organização do currículo por campos de experiência como um arranjo curricular que respeita as especificidades das instituições que compõem a primeira etapa da Educação Básica. Por outro lado, a produção apresenta tensões e dispersões que ressaltam aspectos ainda pouco explorados da organização do currículo para creches e pré-escolas.


Palavras-chave


Educação Infantil; Produção acadêmica; Currículo; Campos de experiência.

Texto completo:

PDF

Referências


ABUCHAIM, Beatriz de Oliveira. A construção do currículo para a Educação Infantil na rede municipal de São Paulo. Currículo sem Fronteiras, v. 15, n. 1, p. 252-273, jan./abr. 2015.

ANDRADE VIEIRA, Maria Nilceia de; CÔCO, Valdete. Avaliação e Currículo na Educação Básica: a especificidade da Educação Infantil. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 11, n. 3, p. 812-831, set./dez. 2016.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado, 1988.

BRASIL. Lei Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: Presidência da República, Casa Civil, Subchefia para Assuntos Jurídicos, [1996]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 18 jul. 2018.

BRASIL. Resolução Nº 5, de 17 de dezembro de 2009. Fixa as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, n. 242, p. 18-19, 18 dez. 2009.

BRASIL. Lei Nº 12.796, de 4 de abril de 2013. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para dispor sobre a formação dos profissionais da educação e dar outras providências. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, n. 65, p. 1-2, 5 abr. 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF: MEC, 2016. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br. Acesso em: 20 jul. 2018.

CARVALHO, Rodrigo Saballa de. Análise do discurso das diretrizes curriculares nacionais de educação infantil: currículo como campo de disputas. Educação, Porto Alegre, v. 38, n. 3, p. 466-476, set./dez. 2015.

CARVALHO, Rodrigo Saballa de; GUIZZO, Bianca Salazar. Políticas de Educação Infantil: conquistas, embates e desafios na construção de uma Pedagogia da Infância. Revista de Educação Pública, Cuiabá, v. 27, n. 66, p. 771-791, 2018.

CRAIDY, Carmem Maria. Educação Infantil e as novas definições da legislação. In: CRAIDY, Carmem; KAERCHER, Gládis E. (Orgs.). Educação Infantil pra que te quero?. Porto Alegre: Artmed, 2001. p. 23-26.

FINK, Arlene. Conducting Research Literature Reviews: From Paper to the Internet. Thousand Oaks: Sage, 1998.

HADDAD, Lenira. Tensões universais envolvendo a questão do currículo para a Educação Infantil. In: SANTOS, Lucíola Licínio de C. P. et al. (Org.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p. 418-437.

LIMA, Andreza Maria de; PAES DE CARVALHO, Maria Jaqueline; MONTEIRO, Luciana Freitas Oliveira. Um estudo sobre currículo na educação infantil na produção científica da ANPEd nos últimos dez anos. EccoS Revista Científica, São Paulo, n. 39, p. 115-130, jan./abr. 2016.

OLIVEIRA, Zilma de Moares Ramos de. O currículo na Educação Infantil: O que propõem as novas diretrizes nacionais? Brasília: DF, 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br. Acesso em: 24 maio 2016.

PANDINI-SIMIANO, Luciane; BUSS-SIMÃO, Márcia. Base Nacional Comum Curricular para a educação infantil: entre desafios e possibilidades dos campos de experiência educativa EccoS Revista Científica, São Paulo, n. 41, p. 77-90, set/dez. 2016.

PASUCH, Jaqueline; FRANCO, Cléria Paula. O currículo narrativo na educação infantil das crianças do campo: reflexões para um diálogo pedagógico. Cadernos CEDES, Campinas, v. 37, n. 103, p. 377-392, dez. 2017.

PONCE, Branca Jurema; DURLI, Zenilne. Currículo e identidade da educação infantil. Currículo sem Fronteiras [online], v. 15, n. 3, p. 775-792, 2015.

RITCHER, Sandra Regina Simonis; BARBOSA, Maria Carmen Silveira. Os bebês interrogam o currículo: as múltiplas linguagens na creche. Educação, Santa Maria, v. 1, n. 1, p. 85-96, 2010.

ROCHA, Eloisa Arcires Candal. A Pesquisa em Educação Infantil no Brasil: trajetória recente e perspectivas de consolidação de uma pedagogia. 1999. Orientadora: Ana Lucia Goulart de Faria. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1999.

SACRISTÁN, José Gimeno (Org.). Saberes e incertezas sobre o currículo. Tradução Alexandre Salvaterra. Porto Alegre: Penso, 2013.

SACRISTÁN, José Gimeno. O aluno como invenção. Tradução Daysi Vaz de Moraes. Porto Alegre: Artmed, 2005.

SACRISTÁN, José Gimeno. O currículo: uma reflexão sobre a prática. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SANTOS, Sandro Vinicius Sales dos. Currículo da educação infantil - considerações a partir das experiências das crianças. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 34, e188125, 2018.

SILVA, Isabel de Oliveira e. Educação Infantil no Coração da Cidade. São Paulo: Cortez, 2008.

VIEIRA, Lívia Maria Fraga. Creches no Brasil: de mal necessário a lugar de compensar carências rumo à construção de um projeto educativo. 1986. Orientadora: Glaura Vasques de Miranda. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1986.




DOI: https://doi.org/10.23925/1809-3876.2020v18i1p350-371

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais